Liberdade para a Madeira

Petição à Assembleia da República


Os abaixo assinados, no cumprimento de um dever de cidadania, usando o direito de petição à Assembleia da República, vêm solicitar que seja discutida a sanidade mental do Dr. Alberto João Jardim para presidir ao Governo da Região Autónoma da Madeira, com os seguintes fundamentos:

Tendo em conta:

As alterações do humor que tanto o levam a propor a erradicação do Sr. Silva do PSD como a exaltar as virtudes do ora Presidente da República;

A linguagem obscena e reles com que trata os membros da Oposição;

As ameaças que dirige aos adversários políticos;

A incontinência verbal e os insultos aos titulares dos mais altos órgãos da soberania;

A eternização governativa só superada por Fidel de Castro;

O gosto exótico para se mascarar no carnaval e, sobretudo, o perigo de não se mascarar o resto do ano;

A truculência verbal para com a comunicação social e as minorias sexuais;

O desrespeito pelos Tribunais, nomeadamente o Tribunal de Contas;

A inerência como Conselheiro de Estado e o perigo do exercício de tão elevadas funções em condições que o desaconselhem, bem como a invocação dessa condição para se furtar a julgamentos judiciais;

A exigência, ao arrepio da CRP, da «Independência total para a Madeira»;

O défice democrático, tantas vezes alegado, que se vive na Região Autónoma.

Pretendem saber se o referido governantes está no pleno uso das suas faculdades para o desempenho das funções que lhe estão confiadas e se dá garantias de respeito pelo 25 de Abril.

Assinar em: http://www.petitiononline.com/

Apostila - Não sei colocar a petição Online. Peço desculpa aos leitores.

Apostila- 2: Finalmente, está disponível em «Liberdade para a Madeira». Podem assinar.

Comentários

Mano 69 disse…
O DOIDO TEM SEMPRE RAZÃO, SALVO QUANDO NÃO TEM A RAZÃO!
Anónimo disse…
http://pedrasnosapato.blogspot.com/
Anónimo disse…
http://pedrasnosapato.blogspot.com/
pedro silva disse…
Carlos
- o endereço está a mandar para a cx de entrada, mas não para a petição - sitio das assinaturas propriamente dito...
Pois...falta o endereço mesmo da coisa para a malta começar a assinar e a divulgar ...
Não consigo colocar a petição Online.

Diz-me para escolher outro «ID».
Aparece o seguinte:

The Petition ID you entered is either already in use or otherwise invalid.

Please go back to the petition submission form and choose another ID.
Anónimo disse…
Como é que faço para votar?
Mano 69 disse…
MORAL DA HISTÓRIA:

Não são admitidos petições fascistas e fascizantes de cariz jacobino-maçónico.
Mano 69:

Use os termos que quiser mas se algum de nós os dois é fascista, não sou eu.
Anónimo disse…
Deixe o "mano" falar à vontade. Diga-me é como faço para votar. Já fui à morada indidada e não encontro a petição.
Caro leitor:

Passei horas a tentar. Apareceu-me sistematicamente, quando queria validar a petição, a seguinte informação:

«The Petition ID you entered is either already in use or otherwise invalid.

Please go back to the petition submission form and choose another ID.»

A minha iliteracia digital é tal que não sei o que é o «ID».

Peço ajuda a quem souber.

Já recebi telefonemas de democratas, que querem assinar.
Mano 70' disse…
Porra de país que já nem podemos votar contra quem está no poder.
jagudi disse…
As dificuldades técnicas com a geringonça são compreensíveis, salvo se por trás delas estiver algum homem de mão do Alberto João, o que, a esta distância, não é plausível.
O post, com todo o respeito, tem fragilidades, que não jogam a favor da iniciativa. Mas quem chama a isto atitudes fascistas ou quejandas, certamente ainda não olhou a sério para a criatura em causa. Ou já perdeu a capacidade de se espantar.
jagudi disse…
Essa alimária, que representa o que de mais boçal e primitivo, espertiço e obsceno, a raça portuguesa é capaz de gerar, vem finalmente silenciar as comemorações de Abril na ilha.
O povo antigo dizia nestas ocasiões, quando falava de asnos ou de porcos de barriga cheia, ´´pica-lhe a cevada na barriga´´!
Quer não, antes de Abril só conhecia a fome!
jagudi

Agradeço os comentários e reconheço as fragilidades do texto.

Quis testar a minha literacia digital ao mesmo tempo que cumpria uma obrigação cívica e aliviava o fígado.

Infelizmente não sou dotado para coisas informáticas.

Fique a suspeita de que possa ter outros dons e o direito à indignação que a todos assiste perante os dislates do sátrapa da Madeira.

Se não fosse o 25 de Abril era um professor sem habilitações próprias.
Anónimo disse…
Aquilo que se deve festejar é o 25 de Novembro e não o 25 de Abril (isso é pra comunas e socialistas da ala mais a esquerda). Se não fosse o 25 de Novembro se calhar estávamos numa ditadura comuna.
Anonymous said...
12:25 AM

Caro anónimo:

Para si, talvez mesmo o 28 de Maio.

Não deixe de fazer uma festa. É essa a superioridade da democracia. Não lhe acontecerá qualquer mal.
Podem ir assinar em

http://www.petitiononline.com/bobo5835/petition.html
Chico disse…
Sr. Carlos Esperança: posso copiar o seu texto para o meu blog?
Evidentemente, farei a devida citação da fonte.
Obrigado.
Chico disse…
Pela quantidade de assinaturas colocadas por gente com manifesta má-fé, parece-me que a coisa é mais risível do que séria...
Anónimo disse…
Meu caro chico: não sei que é v.excelência! No entanto considerar que as poucas pessoas que assinaram a petição estão de má fé, fica-lhe mal!muito mal!!!
Assinado
2º subscritor
Paulo Antunes
PS o sr conhece-me de algum lado?
jagudi disse…
Anónimo das 12.25
Qualquer alimária da madeira, assim como qualquer bestiaga do cont'nente, pode festejar, ou não, aquilo que entender. Isto é, qualquer português pode olhar e interpretar os factos da sua história conforme lhe for possível, segundo a dimensão da sua capacidade mental.Numa sociedade que festeja o 25 de Novembro, não houve, não pode ter havido, um 25 de Abril. Ao passo que, naquela em que houve um 25 de Abril (salvador e benvindo) houve um 25 de Novembro. Houve bem? Houve mal? Isso agora é muito discutível, ficávamos aqui a vida inteira, talvez só o tempo nos venha ajudar a decidir. O que o rei do carnaval que se vive na madeira não pode fazer (e não faria se tivesse alguma compostura mental) é dizer ´´não há comemoração do 25 de Abril, porque isso é uma cagada´´.
O ilustre anónimo gostaria de viver OUTRA VEZ num reino destes?
E já agora, onde é que o senhor estava no 25 de Abril?
Chico disse…
Meu caro anónimo das 11:08:
Há aqui um mal-entendido que, se puder, passo a esclarecer:
1. há, de facto, assinaturas de má-fé (ao que parece, de supostos madeirenses);
2. concordo com a petição, tanto que já a assinei (113);
3. o meu comentário é de tristeza perante o défice de cidadania revelado por ALGUMAS assinaturas que podem tirar credibilidade à petição que, insisto, reputo como digna.

Um abraço,
Francisco Filipe, Beja
Anónimo disse…
Caro Francisco: no sitio onde assinei a petição(http://www.petitiononline.com/bobo5835/petition.html) aparecem até ao momento apenas 4 subscritores!existirá outra petição?
Saudações democraticas
Paulo Antunes
e-pá! disse…
Caro Chico:

Gostaria que me explicasse porque razão a assinatura de um madeirense, pode ser considerada de "má fé".

Ou "má fé" não será reclamar-se como o assinante 113 quando a petição, neste momento, só tem 4 assinaturas?
Chico disse…
http://www.petitiononline.com/mad2004/petition.html
Foi este o endereço que usei para assinar a petição.
Se há duas, então é melhor contactar os subscritores para as fundir numa só.

Saudações democráticas também para si, Paulo Antunes.
Chico disse…
caro é-pá:

Nada tenho contra os madeirenses.
Como já reparou, há aqui um cruzamento de dados.
Já agora, dê uma espreitadela na petição que assinei (link no anterior comentário) para ver essas assinaturas que, provenientes de madeirenses ou não - eu disse "supostos madeirenses" - revelam, efectivamente, má fé.

Um abraço.
Chico disse…
Já não tem só quatro assinaturas.
A minha já lá está.
Mr. X disse…
É preciso coordenar estas petições.
Divididos não vamos a lado nenhum!
Afinal de contas, concordamos todos, não é?

25 de Abril Sempre!!!
Madeira independente, já!
e-pá! disse…
Há, de facto, duas "petitiononline"
sobre a assunto: Madeira.

Sendo assim, concluo:
Não há fome que não dê em fartura!
ou
mais vale um pássaro na mão do que dois a voar!
Escolham...
Mano 69 disse…
«Use os termos que quiser mas se algum de nós os dois é fascista, não sou eu.»


Hummmmmmmmmmm

Como nenhum dos dois pode estar grávido só lhe posso dizer "com a verdade me enganas"...
Chico:
Todos os textos que forem escritos por mim podem ser usados por quem quiser. Sinto-me honrado e agradecido com isso.
Chico disse…
Carlos Esperança:
sendo assim, muito obrigado.
Anónimo disse…
I have been looking for sites like this for a long time. Thank you! » »

Mensagens populares deste blogue

O último pio das aves que já não levantam voo

Cavaco Silva, paladino da liberdade

A ânsia do poder e o oportunismo mórbido