Lembrar Guterres e Sousa Franco

É um acto de justiça lembrar o melhor Governo democrático de Portugal - o do primeiro mandato de António Guterres.

«A OCDE prevê um crescimento médio da economia portuguesa entre 2005 e 2010 de apenas 1,7%, enquanto a Zona Euro deverá crescer em média 2,1% no mesmo período - preocupante agravamento da divergência real entre Portugal e a Zona Euro.

Nota: Entre 2000 e 2005, Portugal cresceu em média 0,6% e a Zona Euro 1,4%.

No período anterior, de 1995 a 2000, a economia portuguesa cresceu em média 4,1%, contra 2,7% da Zona Euro».

Fonte: Boletim Económico da Primavera do Banco de Portugal, de 18/04/2006

Comentários

Anónimo disse…
Só quem não percebe nada de economia é que assina uma opinião destas.

Ó Professor Esperança, ponha-se a gastar o que tem e o que não tem durante um ano e veja lá se o seu património e nível de vida não disparam! Fica rico! O pior há-de vir a seguir, quando tiver de pagar ao banco...

Atenciosamente
Zacarias Torcato

PS: Sousa Franco estava ciente destes perigos. Não é necessário recordar a forma como esse homem lúcido (de saudosa memória) saiu do governo, pois não?
Anónimo disse…
Este post do Esperança é uma mistificação completa!
Parece o défice do Constâncio...
Anónimo disse…
ahahahahahahahah
ahahahahahahahaha
ahahahahahahahahahah
ahahahahahahahahahahahah
ahahahahahahahahahahahahaha
É mesmo palerma este Esperancinha!
Coitado, o homem está mesmo velhote. Ó Esperança, quem te viu e quem te vê!!!!
ahahahaahahah
ahahahahahaha
O melhor governo de sempre! (por isso o povo te deu maioria absoluta após este governo, não foi? Claro que não!!!)
Isso, não se faz Esperancinha, chamar BURRO ao povo português... não se faz!!!!
O que dizer o 1º governo de Cavaco, que após ter governado voltou a ter uma maioria absoluta! Você pensa que o povo português é todo burro como você???? está enganado!
Anónimo disse…
Esperança, para si tenho uma canção.. deixe lá homem, a idade poderá ser um posto, mas tem que se portar bem!
"O tempo, volta p'ra trás..
Dá-me tudo o que eu perdi,
tem pena e dá-me a vida
a vida que eu já vivi"
Anónimo disse…
eheheh que post de merda!
Depois acusam o Cavaco de só pensar em economia! Pelo menos o Cavaco sabe o que é o PIB
O cavaco está noutra.

Nem sei se ainda saberá o que é o PIB.

Mas o Esperança tem razão e está saudoso - eu também - do último governo com noção de Estado Social, em Portugal.

Será lembrado muitas vezes. É que a história só vê bem ao longe, é miúpe.

Aqui também há muitos, mas a liberdade que comemoramos, depois de amanhã, permite-lhes comentários, mais ou menos acintosos, sem qualquer filtro.

Mas não pensem que isto ultrapassa a medicação ou que podem deixar de ir ao psicólogo.
Anónimo disse…
Para quem duvida, pode também ver quanto progredimos em desenvolvimento humano, conforme consta do relatório internacional - PNUD.
Anónimo disse…
Guterres, dispenso.
Sousa Franco, recordo como exemplo.

Melhor governo? Tenho dúvidas.

Acredito que se Socrates conseguir realizar as reformas que pretende poderá ser o mais importante PM desde o 25 de Abril.

Quanto ao Cavaco. Ele existe? Tem opiniões?
Quanto ao Cavaco PM e ao seu 1º governo, Tenham memeória. Cavaco das maiorias foi o Cavaco dos defices e do gastar á tripa forra os dinheiros do Estado.

As duas maiorias foram conseguidas como?
Com despesa publica, com aumentos populistas da função pública e com as famosas maravilhas e milagres do "cartão laranja". Lembram-se?
Quem tinha, tinha lugar na máquina do Estado!
Ah ricos tempos esses. Viver à grande.
Hoje pagamos a factura, bem paga.
Pois...
Anónimo disse…
Clap clap clap clap!
Anónimo disse…
Toca e Foge:

Por uma questão de respeito, que julgamos merecer, peço que deixem de «atacar» as caixas deste blog com o vosso link.

Ele já consta da nossa lista, como sabem.

Qualquer leitor que aceda ao Ponte Europa tem o link que vos referencia.

Não me obriguem a varrer a provocação. Os cucos é que costumam parasitar os ninhos de outras aves.

Mensagens populares deste blogue

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime

Tunísia – Caminho da democracia ou cemitério da laicidade ?