O álcool prejudica os jornalistas


O alcoolismo é grave, os portugueses excedem-se na bebida e é urgente que diminua o consumo e se faça respeitar a lei em relação aos condutores.

A SIC afirma « No ano passado, 1023 milhões de litros de bebidas alcoólicas foram consumidos em Portugal. Por dia, o consumo médio ultrapassa os 2,800 milhões de litros».

O Diário de Notícias afina pelo mesmo diapasão, como se vê na imagem.

Os jornalistas confundem litros de álcool com litros de bebidas alcoólicas.

Quer na condução, quer na aritmética, é preciso beber com moderação.

Comentários

Anónimo disse…
aahhahahahahahaha olha quem fala!
Um gajo que apanha cada bebedeira de paixão à cova (se bebidas finas, claro) e depois tem o desplante de vir para aqui falar em consumo de bebidas alcoolicas! Agora até aposto que o Carlos Esperança vem para aqui dizer que nem bebe álccol... eheheheheeh Só visto, o que os amigos às vezes aturam dele!
Para um jornalista minimamente preparado um litro de cerveja, água pé, vinhos branco, tinto e rosé é tudo alcool puro.

No vodka, whiskey e rum só é preciso fazer uma regra de três simples.

Muito simplex !

Mensagens populares deste blogue

Insurreição judicial

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime