Não devemos esquecer

Ponte Europa/Pitecos

Não eram judeus nas mãos dos nazis.

Eram comunistas nas mãos dos ingleses.

Comentários

Anónimo disse…
"Não devemos esquecer" não chega. É preciso estarmos vigilantes e, o mais importante, punir severamente os torturadores.
Os crimes contra a Humanidade perpretados no Reino Unido contra esses homens são medonhos. A documentação agora libertada do "secretismo" oficial deve ser amplamente divulgada porque é material didático fundamental para a necessária aprendizagem humanística que todos devemos fazer.
Agora, os actuais governantes de Sua majestade que, desesperadamente, tentar esconder esta documentação, são convinentes com os torturadores. Portanto, com o seu chefe à cabeça - Mr. Blair - devem ser "embrulhados" e enviados para o Tribunal de Haia. Os crimes contra a Humanidade não podem prescrever. Os actuais encobridores, portanto coniventes, devem ser responsabilizados.

Grande hipocrisia revelam estes factos. Na mesma altura que torturavam estes homens, em Nuremberga, representando o papel de defensores da Humanidade, julgavam os criminosos nazis.
Anónimo disse…
e-pá...nem uma referência às acções dos camaradas Mao e Estaline...essas já podem prescrever???
Anónimo disse…
É óbvio que não!
Mas, agora que vieram a público estes "novos" factos, vamos assobiar para o lado e falar dos crimes de Estaline e Mao? Misturar tudo para esquecer tudo?
Anónimo disse…
Mas é evidente que as fotos são de prisioneiros nazis torturados pelos porcos sionistas!
Mano 69 disse…
Esse Blair é um assassino! E o país que governa se é uma república, digo monarquia, democrática vou ali e já volto.



Não são árabes prisioneiros dos Americanos em Guantanamo?
Mano 69 disse…
"Eles vivem, eles estão no meio de nós"

Já agora aproveito para informar o Carlos Esperança que acaba de ser contemplado com uma ficha, nome individual e colectivo (blog), aberta no Sistema Echelon…
Anónimo disse…
Mano 69:

Creio que estaremos os dois com ficha no Sistema Echelon.

Foi um deputado português que denunciou esse sistema há cerca de dois anos, uma espécie de PIDE universal sem espancamentos, por enquanto.
Anónimo disse…
Segundo sondagem do TELEGRAPH NEWS,(pela primeira vez!), a maioria dos britânicos querem o fim da sua participação na guerra do Iraque.

Precisam de repousar para curtir a vergonha das "bestialidades" de 1945-47.?
Ou querem prepara-se para o próximo "assalto" ao Irão?
Mano 69 disse…
E não é que o deputado era, e é, do PSD!

O que me diz desta direita que coloca em causa a ordem reinante?
Anónimo disse…
Mano 69:

Dessa direita digo bem. Da direita fascista, neoliberal e miguelista, digo mal.

Mensagens populares deste blogue

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime