Associação Sindical de Juízes

&BAIXOS [CE1]

[António Martins, recém-eleito presidente da Associação Sindical de Juízes não perdeu tempo a deixar a sua marca. Ao «CM», referindo-se a um estudo que o ministro da Justiça invocou para reduzir as férias judiciais, o desembargador sentenciou: «Se existir e se se confirmar que é um estudo de merceeiro, então confirma-se que houve populismo do Governo»].

Enquanto a associação for sindical, do mais sensato dos magistrados pode emergir o mais truculento dos sindicalistas.

[CE1] Expresso, 14-04-06, pg. 8

Comentários

Façam o favor de se preocuparem:

Portugal é o país com menos condições para enfrentar uma eventual pandemia de gripe das aves de entre todos os 21 países europeus que têm planos nacionais de prevenção, segundo um estudo publicado hoje na revista científica "The Lancet".
Anónimo disse…
Faz hoje [Ontem, 19 de abril]500 anos que uma multidão imbecil tornou Portugal mais pobre. A matança de muitas centenas de judeus em Lisboa (talvez quatro mil) fez o País perder, entre mortos e exilados, os mais cultos e modernos dos seus filhos.






O crime boçal prosseguiu durante séculos. Até ao Marquês de Pombal a ‘limpeza do sangue’ – a prova de ausência de judeus até aos bisavós – era condição para bons empregos. Ao seu ministro Pombal, o rei D. José pediu que decretasse um distintivo obrigatório para quem tivesse sangue judeu. No dia seguinte, ele apareceu com três distintivos ao peito. O rei perguntou a razão. Pombal: “Um por mim, outro pelo inquisidor-mor e outro por Vossa Majestade.” Judeus somos, os portugueses, todos um
Anónimo disse…
Calaram-se. Quando o ZÉZÉ SIMÕES andou a ser investigado o Ponte Europa apressou-se a publicar. E agora que o sr. Luis Vilar, presidente da concelhia xuxa do PS e vereador , ex-lider da oposição na câmara pelo PS foi constituido arguido ( coisa que o Eduardo Simões não chegou sequer a ser) estão calados ?
Vocês por serem facciosos perdem todo o respeito
Anónimo disse…
Voltemos ao tema do post.

Não tenho nada a ver com a Ass. sindical de Juízes...
Todavia, a demora em entregar o tal "estudo" que o Min. da Justiça diz possuir ... quero creser que das duas uma:
Ou como o Juiz António Martins insinua, ele não existe;
Ou, terá sido "outra encomenda governamental" (do estilo das Comissões Independentes...) que uma vez pública não resistirá as consequentes análises.
Moral da história: nos dias que correm, com as possibildades de troca de informações, para ser demagogo é preciso saber aldrabar.
Não basta mandar patacoadas para o ar a ver se acerta!
Anónimo disse…
Ah!
Se o assunto der "bronca" lá estará o grupo parlamentar do PS para obstaculizar declarações do juiz sindicalista em alguma comissão parlamentar da AR.
Com a argumentação de que o juiz ...já falou!
Falta acrescentar...depois do Ministro ninguém fala!
A última palavra pertence ao governo - por mero "acaso" uma emanação directa da AR. Que se saiba, nenhum português elegeu o Dr. Alberto Costa para ministro...
Anónimo disse…
Enjoyed a lot! » » »

Mensagens populares deste blogue

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime

Insurreição judicial