Madeira - Informação amordaçada

Os apoios financeiros "aparentemente ilimitados" e o favorecimento na distribuição do investimento publicitário ao Jornal da Madeira pelo Governo regional, o facto de ser o seu sócio maioritário (99,98 por cento do capital) e de designar dois dos seus três administradores levaram a Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) a considerar ontem que o executivo liderado por Alberto João Jardim põe "em risco objectivo e grave" o pluralismo da imprensa diária na Madeira.

Comentário: Em África há regiões piores.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime

Tunísia – Caminho da democracia ou cemitério da laicidade ?