Banco do Vaticano acusado de lavagem de dinheiro

Alegações de que havia lavagem de dinheiro em um banco do Vaticano, o Instituto para Obras Religiosas, levaram a polícia a apreender 23 milhões de euros (19,5 milhões de libras) em activos em Setembro.

O Banco do Vaticano possui caixas electrónicos em latim, os padres usam uma entrada privada e há um retrato em tamanho natural de Bento XVI pendurado na parede.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Insurreição judicial

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime