Juiz recusa destruir escutas de Sócrates

Arguidos e assistentes do Face Oculta notificados para dizer se querem ter acesso às cópias agora surgidas.

Nota: Julguei que um PM só pudesse ser escutado com autorização do presidente do Supremo Tribunal de Justiça, que os juízes fossem obrigados a cumprir a lei e que o único poder não sufragado fosse incapaz de fazer perseguições políticas e interferir na luta partidária.

Julguei igualmente que aos juízes era devido respeito. E que o mereciam.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Insurreição judicial

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime