A lucidez de Pacheco Pereira


Comentários

josé neves disse…
A brutal mal-formação política doentia de cegueira obstinada de Pacheco que o levou a lambe cus dos safados cavavo, barroso, manuela, passos e agora o rio, passando pela sua "não visão" das vacas loucas e da sua "visão" das armas de destruição maciça no Iraque como da mesma "visão" de provas reluzentes-fosforescentes de atentado contra o Estado de Direito nos cd de escutas que visionou durante semanas fechado em camara escura do Parlamento, assim como milhares de afirmações e insinuações peremptórias-acusatórias que tem produzido ao longo da sua patética carreira política, fabricaram o canal de esgoto onde, hoje, desemboca a merda que produzem os seus amigos-correligionários de partido e que nos suja e emporcalha a todos e, ele, sem-vergonha, agora se quer pôr de parte.
A lucidez de Pacheco só serve para fazer um belo embrulho que esconde a merda que nos serve.

soudocontra disse…
Concordo José Neves. Não se deve branquear a acção política de extrema-direita do indivíduo nos tempos de antes deste (des)governo fascista. Mas lá que as suas afirmações actuais são pertinentes, são! Mas eu acho que o fulano devia, primeiro, desculpabilizar-se/justificar-se, de toda a actividade política anterior, que o José Neves caracteriza tão bem.
José Neves:

Se és quem penso, deixo-te aqui um abraço amigo.

Quanto às declarações de Pacheco: desta vez tem razão.
Guia disse…
Na "mouche", José Neves!
Se chegámos onde estamos. com a pior escumalha direitista que já tivemos a governar-nos, também a ele o devemos, com os seus ataques primários (não esquecer as declarações falsas que fez sobre a "asfixia democrática") a tudo o que os governos socialistas - sobretudo o último!
M.G.P.Mendes

Mensagens populares deste blogue

A ânsia do poder e o oportunismo mórbido

Nigéria – O Islão é pacífico…

Macron e a ‘primeira-dama': uma ‘majestática’ deriva …