FRANÇA: Emmanuel Macron mais um rosto da indisfarçável deriva...


 
Macron rumo a 'Bercy'

Se uma justificação fosse necessária para fundamentar a ‘deriva liberalizante’ do Governo de François Hollande, encabeçado pelo ‘socialista de Direita’ Manuel Valls, a substituição do anterior ministro da Economia [Arnaud Montebourg] por Emmanuel Macron é extremamente reveladora. 

Trata-se de estimular o tal ‘Pacto de Responsabilidade’ que ‘atribui’ 40 mil milhões de euros às empresas que, registe-se, foi entusiasticamente aplaudido pela confederação patronal Movimento das Empresas de França (MEDEF) link.
Valls prossegue este errático caminho ‘liberal’  na ‘militante’ esperança que essas poupanças, extorquidas aos contribuintes franceses e às prestações sociais, não vão parar directamente aos bolsos dos accionistas em dividendos e - pelo contrário - estimulem o crescimento, aumentem a competitividade e façam diminuir o desemprego galopante, o Presidente francês foi descobrir [no seu ‘inner circle’ do Palácio do Eliseu] um ex-banqueiro de investimentos (do Grupo Rothschild) link  e um recente convidado do Club Bilderberg (na reunião de Copenhaga em 29.05 a 01.06. 2014) link o 'homem' para executar as ‘suas’ [responsáveis ?] políticas económicas.

Não vale a pena elaborar grandes teorias sobre uma (neo)deriva liberal-socialista protagonizada por Hollande até porque esta é cada vez mais uma cópia requentada e deslocada da 'terceira via de Blair'  link.
Não faltarão aplausos a esta 'mudança' vindos da Srª. Merkel e do Sr. Schauble figuras que, de facto, ‘ensombram’ o governo Valls II.

Um exemplo hipotético – salvaguardadas as devidas distâncias e o percurso político - , aplicado aos nossos terrenos paroquiais, poderia servir para ilustrar [caricaturar] o que se está a passar em França.

Imaginem o que pensariam os socialistas portugueses se o seu líder propusesse para futuro ministro da Economia ou das Finanças o inefável profeta do ‘aguenta’, Sr. Fernando Ulrich…

Comentários

Mensagens populares deste blogue

O último pio das aves que já não levantam voo

Cavaco Silva, paladino da liberdade

Efeméride – 30 de outubro de 1975