Casa da Cultura - Coimbra

Apresentação da obra: “Álvaro de Castro – Pela República, Liberdade e Democracia”.

Dia 29, 21H30, Casa Municipal da Cultura, Coimbra.

Autor: Aires Antunes Diniz.

Patrocinadores da iniciativa: Câmara Municipal de Coimbra, Câmara Municipal da Guarda e Associação 25 de Abril.

Referências biográficas de Álvaro Xavier de Castro (9.11.1878 – 29.6.1928)

Militar, republicano e resistente. Natural da cidade da Guarda. Filho do Dr. José de Castro. Cursou Direito em Coimbra.

Revolucionário nas conspirações de Coimbra de 1908 e 1910. Apoiante do 5 de Outubro e Deputado à Constituinte. Ministro da Justiça do Governo de Afonso Costa (1913) e Ministro das Finanças do Governo de Azevedo Coutinho (1914).

Um dos líderes da revolução de 14 de Maio de 1915, que depôs a ditadura de Pimenta de Castro. Governador de Moçambique (1915 – 1917). Perseguido por Sidónio Pais. Chefe da revolta de Santarém de Janeiro de 1919, para impor o regresso à Constituição de 1911.

Fundador do Partido Reconstituinte (1920) e do Grupo de Acção Republicana.Presidente do Ministério: 1920 e 1923. Ministro da Guerra (1921) e das Finanças (1923).

Preso após o golpe militar de 28 de Maio. Exilado em Paris é um dos fundadores da «Liga de Defesa da República», mais conhecida por «Liga de Paris», com Afonso Costa, Bernardino Machado, José Domingos dos Santos, Jaime Cortesão e António Sérgio.

Faleceu em Coimbra a 28 de Janeiro de 1928, depois de haver chegado moribundo três dias antes. Está sepultado no cemitério da Conchada.

Comentários

Anónimo disse…
Um republicano culto, empenhado e convicto nos ideais democráticos.
Lutou contra aquilo que, no seu entender de homem livre, considerou "desvios" da
I República, nomeadamente contra a ditadura de Pimenta de Castro e o advento do consulado sidonista.

Acabou por ter um destino comum aos homens valorosos e integros:
- "entrou" na prisão (Elvas) na sequência do 28 de Maio de 1926.

Mais um exemplo do Estado Novo no seu melhor!

Convém salvaguardar a memória...
O País está pejado de "branqueadores" da História do "Estado Novo".

Louvável iniciativa!
Anónimo disse…
Looking for information and found it at this great site...
» » »
Anónimo disse…
You have an outstanding good and well structured site. I enjoyed browsing through it video editing programs

Mensagens populares deste blogue

Insurreição judicial

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime