Espanha - A Igreja e o Estatuto da Catalunha



A Igreja católica espanhola não disfarça a oposição ao PSOE e, sobretudo, a Zapatero:

Obispos entre Dios y el césar
Falta consenso para aprobar una
La Vanguardia, Edición Impresa

La "declaración doctrinal" precisa de unanimidad; la "instrucción pastoral" es un texto de segunda categoría

La milenaria Biblia no contiene ni una referencia a la unidad de España ni a la autonomía de Catalunya, definida como nación en el Estatut. Pero un sector de la Conferencia Episcopal Española quiere abordar la primera de estas cuestiones en su pleno de esta semana.

Los obispos están en tensión entre el Evangelio y la política, entre Dios y el césar. Los Evangelios de Mateo, Lucas y Marcos narran que fariseos y herodianos tentaron a Jesús con este dilema. Su respuesta fue: "Dad al césar lo que es del césar, y a Dios lo que es de Dios".

Aquella tentación se mantiene a lo largo de los siglos. Sectores de la Iglesia quieren dirigir la política y la configuración del estado. Y sectores de la política quieren dirigir la Iglesia y su pastoral. ...

Comentários

andrepereira disse…
Com a excepção do clube Barcelona (que trata muito mal e injustificadamente todos os portugueses que por lá passaram, sendo ainda que um dos seus adeptos é um dos fortes responsáveis pelo facto de não termos empatado nos últimos 7 minutos na final do EUro contra a Grécia....), nutro forte simpatia pela Catalunha.
Mas devemos perguntar se não se trata de um fenómeno de algum egoísmo regional (ou nacional?!- não contesto) que visa diminuir as transferências de receitas para regiões/províncias menos favorecidas.
A solidariedade regional deve ser um objectivo da Europa e deve começar no interior de cada Estado. Ainda que este seja (ou venha a ser) Federal.
Se fosse espanhol defenderia naturalmente uma República Federal, mas com forte solidaredade entre as regiões (ou nações).
Anónimo disse…
A Igreja tem razão para estar preocupada.

Sendo uma vasta organização assente no poder dogmático de um só homem - o Papa(embora rodeado por uma numerosa Cúria), a sua estrutura funcional está montada (fragmentada) em dioceses, com estricta obediência a Roma.

Os movimentos autonómicos, como o da Catalunha, são maus exemplos.
Cheiram-lhe a cismas...

Mensagens populares deste blogue

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime