quarta-feira, novembro 25, 2009

Fundações católicas e o genocídio do Ruanda...

A fundação maiorquina L'Olivar e a catalã Inshuti, são apontadas (acusadas) como ONG’s financiadoras da Frente Democrática para a Libertação do Ruanda (FDLR). Esta milícia hutu acusada de inúmeros crimes de guerra e contra a Humanidade (assassinatos contra populações civis, violações em massa, recrutamento de “meninos-soldados”…) - segundo relata, hoje, o jornal El Pais - recebeu regularmente apoio político, logístico e financeiro de pessoas pertencentes a estas instituições religiosas espanholas.
link
Estas informações veiculadas por peritos da ONU, embora os responsáveis pelas fundações espanholas as desmintam, baseiam-se em testemunhos, e-mails, escutas telefónicas e recibos de transferências monetárias.
Estas suspeitas – a confirmarem-se – envolvem instituições religiosas num dos mais horrorosos e aviltantes crimes de genocídio que, a par com o de Dafour, o Mundo conheceu nos últimos anos.
Para a ICAR, é o total desprestigio do papel “apaziguador” que a Igreja vem fazendo passar como protagonista neste massacre que, há anos, devasta o Congo.

Mais, para além de ser um crime contra a Humanidade, a indiciada colaboração fere mortalmente a credibilidade ética da ICAR no mundo actual.
É um arrepiante exemplo da política colaboracionista com o Horror.
Estes actos facínoras, a comprovarem-se as acusações, tornaram os seus protagonistas nums indignos e miseráveis sacerdotes do Terror.

8 Comments:

At quarta nov 25, 11:20:00 da tarde, Blogger Stefano said...

é-pá... você se eskeceu dos crimes anteriores da ICAR?? Ustasha croata,Slovakia de Tiso,Argentina de Videla, as Ratlines,Ambrosiano,pedofilia clericaletc.

a imagem da ICAR ja esta manchada.
Ah.. Michel Onfray acusou a ICAR de cumplicidade com o holocausto ruandês... e pior.... o vaticano escondeu e ainda esconde padres genocida do TPI....

 
At quinta nov 26, 09:29:00 da manhã, Blogger Rui Cascao said...

também há rumores que o Banco Ambrosiano esteve envolvido em operaç
ões de financiamento de armas em benefício do exército croata e dos croatas bósnios após a implosão da Jugoslávia...

 
At quinta nov 26, 10:59:00 da manhã, Blogger Stefano said...

foi bom você ter falado da Iugoslavia... o vaticano defendeu sua implosão desde 1918 (data de suas criação). Porque o poderio do país não era católico croata/esloveno e sim ortodoxo servio... caso similar foi o da Checoslovakia, tambem nascida em 1918. o poderio do pais nao era catolico (eslovaco) e sim "hussita" e liberal checo. o Vaticano trabalhou pro fim de ambos estados. ah.. se ambos paises tivessem poderio dominante catolico... Roma apoiaria a integridade de ambos paises.. e e ate apoiaria uma ação contra os "hereges" ke nao se conformam com intromissao romana....

 
At quinta nov 26, 11:08:00 da manhã, Blogger Stefano said...

o vaticano ke defendeu o fim de iugoslavia e checoslovakia é o mesmo ke foi contra o fim da austria-hungria.. por exemplo... pq o imperio dos habsburg era muito devoto a roma(não importa se o imperio pisava nos DH). Roman Dmowski.. independentista polaco, chegou a ir pra Roma pra pedir pro papa interceder pela libertação da Polonia das mãos da AustriaHungria(Russia e II Reich). Resultado: foi recebido com a maior frieza lá. Pq sabemos ke a ICAR é conivente com os grandes poderes.

 
At quinta nov 26, 11:11:00 da manhã, Blogger Stefano said...

ah.. sabem pq ICAR não se solidariza com os catolicos do Ulster..com o IRA... ?? sabem pq a ICAR não denunciam ativamente o controle britanico lá?? Simples: pq comprar briga com a GB é suicidio! a GB é da OTAN.... tem vários aliados fortes.. EUA.. e outros... pergunto.. qual pais (proximo a Roma) iria comprar a briga da ICAR??? Nenhum claro

 
At quinta nov 26, 12:16:00 da tarde, Blogger e-pá! said...

Este comentário foi removido pelo autor.

 
At quinta nov 26, 12:19:00 da tarde, Blogger e-pá! said...

Caro Stefano:

Claro que não ignoro os crimes que a ICAR foi patrocinando e participando ao longo dos tempos...

Também estou de acordo que a imagem da ICAR está manchada pelos horrores que promoveu e pelo que ignorou (conscientemente). Todavia, o que me impressiona é uma instituição com semelhante cadastro, dura há 2000 anos e pretende ditar ao Mundo as suas hipocrisias, sob a forma de dogmas...

Tenho a consciência de que a questão do Congo é uma gota de água num oceano de iniquidades.
Sei que por detrás de todas as guerras há um crufifixo, um livro sagrado, icones, enfim, a alienação dos chamados crentes.

Mas vale sempre a pena - em defesa dos Direitos Humanos e das Liberdades - reproduzir as denúncias que vão aflorando, praticamente todos os dias, à superfície...
-

 
At quinta nov 26, 01:01:00 da tarde, Blogger Stefano said...

sei disso....

bom.. acho patetico algumas pessoas cairem no papinho de liberdade ke a igreja prega (quando lhe convem claro)...

 

Enviar um comentário

<< Home