TÓPICOS PARA UMA AGENDA MODERNISTA ANTÍ-FAMÍLIA:

Por

Pai de Família


1. Vergonhosa legalização do homicídio/aborto, assassinato de crianças inocentes ainda em ventre Materno;

2. Facilitação (agora já é quase obrigatório porque muito "moderno"...) do divórcio, sem mais, sem litígio, sem culpa, sem aconselhamento, sem tentativa de reconciliação;

3. Atribuição do prémio nobel da literatura a uma credenciada representante do sionismo;

4. Atribuição do prémio nobel da paz a Barak Obama, um credenciado mundialista-relativista-ateu-aborcionista-esquerdista-multiculturalista, etc;

5. Discussão, em Portugal, da eutanásia (agora adormecida, mas vai voltar...), a morte sem dignidade, sem glória, para despejar os indesejados da nossa (vossa...) vida hedonista, egoísta, individualista, materialista, etc;

6. A eminente legalização do emparelhamento paneleiróide, relações estéreis e anti-natura, autênticas aberrações sub-humanóides;

7. Virá o dia, não muito longínquo, da legalização da adopção de criancinhas inocentes por essas parelhas que, com as suas garras nojentas, putrefactas e infectadas pelo demónio, as agarrarão para lhes fazer sabe Deus o quê..;

8. Aberto o precedente, não será de estranhar, na senda do modernismo e da evolução do "homem novo", a legalização do emparelhamento com animais, da pedofilia e outras mais aberrações impensáveis por agora.

ACORDA PORTUGAL, QUE ESTÃO A DESTRUÍR A FAMÍLIA!!!

Comentários

ana disse…
Não sei se devo rir ou chorar. Não sou detentora da verdade universal, mas parece-me que esta visão da vida está completamente de pernas para o ar.
Anónimo disse…
Estas palavras despeiam tamanha querença! Guardo-lhes agora um lugarzinho bem fofinho e quentinho no meu coração.
e-pá! disse…
... Virá o dia, não muito longínquo, da legalização da adopção de criancinhas inocentes por essas parelhas que, com as suas garras nojentas, putrefactas e infectadas pelo demónio, as agarrarão para lhes fazer sabe Deus o quê..;
(Pai de Família)

... / ... / ... / ... / ...

Virão um dia
ricos ou não
contando histórias
de lá de longe
onde o suor
se fez em pão
virão um dia
ou não...


ou, como Manuel Freire escreve na estrofe anterior:

Ei-los que partem
de olhos molhados
coração triste
e a saca às costas
esperança em riste
sonhos dourados
ei-los que partem
de olhos molhados...


Caro Pai de Família:

A família na sua concepção revive o supracitado poema:
ei-los que partem...
Rui Cascao disse…
O cromo é mesmo divertido... ainda não acredito que não é fictício...
Ena, pá! Esta gente existe mesmo?!
Patrícia disse…
A "paneleiragem" não vai aderir ao casamento...vai sentir-se discriminada , apontada, gozada...pensando bem, o casamento desta gente, é um falso problema,eles não vão aderir.

Será que o governo, depois de criar a lei, vai promover a mesma ?
Tudo é possível, vivemos no manicómio...Portugal.

Mensagens populares deste blogue

Os incêndios e a chantagem ao Governo

Vasco Graça Moura