A fé - detonador de ódio e da violência

A violência religiosa aumentou no Egipto depois que muçulmanos atacaram casas de cristãos situadas no bairro de Kafr El Barbari, em Dakahlia, no norte do Cairo, forçando a entrada em ação de forças de segurança que decretaram o toque de recolher tentando acalmar a situação.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Goldman Sachs, política e terrorismo financeiro

Miranda do Corvo, 11 de setembro

Maria Luís e a falta de vergonha desta direita