A caminho de Guantánamo

Michael Winterbottom pôe a nu a crueza de uma guerra fraticida no Afegansitão.
Sobretudo mostra que os EUA e seus aliados na "guerra contra o terrorismo" estão a perder a autoridade moral.
Os mais básicos direitos humanos, sejam direitos processuais do arguido, sejam os direitos dos prisioneiros de guerra, estão a ser violados neste preciso momento pelo nosso mais forte aliado (EUA).
Um excelente filme para "inquietar" um fim-de-semana prolongado.
E recordar que muitos destes homens terão passado em Portugal sem qualquer aviso aos nossos representantes.
Que teria Paulo Portas a dizer sobre isto?
E Ana Gomes?

Comentários

Carlos Esperança disse…
André:

Tanto quanto julgo, Ana Gomes tem denunciado paulo Portas.

Mensagens populares deste blogue

O último pio das aves que já não levantam voo

Cavaco Silva, paladino da liberdade

Efeméride – 30 de outubro de 1975