Orgulho de ser mãe - Acácio Marques

Sem experiência própria, o autor consegue recuar no tempo 50 anos.

Comentários

Anónimo disse…
Está descoberto o enigmático "pai de família".
Acácio Marques encaixa no perfil do comentador, e quanto mais o Carlos Esperança o provocar, mais ele virá aqui.
Anónimo disse…
Excelente texto de Acácio Marques.
Exalta a mulher naquilo que tem de mais nobre. Os meus parabéns a Carlos Esperança por reconhecer o valor, a verdade e a importância do texto destacando-o aqui como post e ainda por cima no topo do blog!
Carlos Esperança disse…
Caro anónimo:

O Sr. Acácio (não sei se é o Conselheiro ou um seu avatar) pensa como um homem do século XIX mas a prosa é mais débil que as convicções.

Repare neste exórdio de fino recorte literário:

Estão ultimamente a levantarem-se [sic] vozes, na praça pública dos Media, de mulheres famosas e com autoridade reconhecida, (...)
Anónimo disse…
Só confirma que concorda e dá valor ao texto. Só lhe fica bem!
Agora essa de pensar como um homem do século XIX...
Esteve mal Carlos Esperança.
Como é que pensa um homem do séc. XXI? Não me diga que há um modelo que se aplica a todos?
Quanto ao que faz o Sr. Acácio é lá com ele. Porquê, preocupa-o ele ser conselheiro?
Anónimo disse…
O lutador anti-fascista Carlos Esperança, perseguido pela PIDE, no seu quintal...é um democrata duvidoso, então o Senhor Acácio, não pode ter a sua opinião ?

O Senhor Acácio é um homem do século XXI e pensa como tal, quem deve estar desfasado no tempo, é o Esperança.

A democracia a que temos direito.
Carlos Esperança disse…
Anónimo Ter Dez 18, 03:37:00 PM:

O Sr. Acácio Marques tem a sua opinião. Quem lha impede?

O senhor anónimo é que não me concede o direito de crítica, nem num blog onde só vem quem quer.

Se alguém é um democrata duvidoso é o senhor, que parece dar-se mal com o contraditório e refugiar-se no anonimato.
ana disse…
Este Acácio não se terá inspirado naqueles textos da Mocidade Feminina, dos tempos de Salazar? É que tirando alguns pormenores, parece fotocópia. E o homem, coitado, nem precisa de abrir a boca. Aquela cara de parvo diz tudo.
Anónimo disse…
O Ana gostava de ver a sua cara, deve ser um borracho...côr de rosa, como o seu PS.
ahp disse…
Disse Vasco Pulido Valente que o Salazar nunca precisou de ter um Partido: bastava-lhe ter um padre em cada paróquia. E tinha toda a razão: com a censura à imprensa e o analfabetismo em que o povo era deliberadamente mantido, os padres tinham o monopólio da opinião; e além disso eram os principais informadores da Pide. Este Acácio é um sobrevivente desses tempos: continua a apregoar a doutrina nazi da mulher dos 3 Ks: "kirche, Kusche und Kinder" (igreja, cozinha e crianças). E não lhe falta a denunciazinha pidesca: a culpa dos males do mundo é "dos do avental", que no tempo da Inquisição eram queimados e no tempo da Pide eram presos. Ah!, que saudades deve ter o Acácio daquelas duas instituições!
e-pá! disse…
CE:

É o nosso (de Coimbra) João César das Neves...

Há muitos pelo País...
J. Van Aerts disse…
Bem, estava á espera de um espaço dos leitores, mas como nao apareceu venho desejar-vos a todos votos de felicidades adequadas á quadra em questao e que continuemos no novo ano com saúde e disponibilidade para aparecer nesta casa. (E também com o livro de Alexandre de Castro)

Cumprimento especial para o matarbustos com o qual espero ter mais confrontos ideológicos salutares, para o e-pá que me parece alguém com uma cultura invulgar e claro para o CE, alguém com o qual devo concordar em 20 a 30 por cento mas com o qual partilho a felicidade da liberdade de expressao. Até para o ano
Carlos Esperança disse…
e-pá:

Mas este merecia a glória de uma coluna no Expresso ou no Público.

JCN tem o DN. Temos de arranjar um jornal para os Acácios, conselheiros de todos os tempos.
Carlos Esperança disse…
J. Van Aerts:

Agradeço e retribuo os votos, independentemente de qualquer quadra, e vou já abrir um «Espaço dos leitores» onde pode, se quiser, repetir os votos.
pré-socrático disse…
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse…
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

Mensagens populares deste blogue

Goldman Sachs, política e terrorismo financeiro

Miranda do Corvo, 11 de setembro

Maria Luís e a falta de vergonha desta direita