A frase e as circunstâncias

«Os portugueses podem confiar no Banco Espírito Santo, dado que as folgas de capital são mais do que suficientes para cobrir a exposição que o banco tem à parte não financeira, mesmo na situação mais adversa».

(Declarações de Cavaco Silva, em 21 de julho de 2014)

Apostila – BES – Cavaco sabia desde 2013 dos problemas [título do DN de 7 de setembro de 2014, página 13]. «Cavaco Silva terá sabido do que se estava a passar no Grupo Espírito Santo através do empresário Pedro Queirós Pereira».

Comentários

Mensagens populares deste blogue

A ânsia do poder e o oportunismo mórbido

Nigéria – O Islão é pacífico…

Macron e a ‘primeira-dama': uma ‘majestática’ deriva …