A frase

«Colocar debaixo dos holofotes mediáticos e da atenção de Frakfurt e de Bruxelas o banco que se pretende capitalizar, criando a ideia errada da súbita descoberta de um enorme "buraco escondido" fruto de uma gestão "ruinosa", é, no mínimo, irresponsável, senão mesmo perigoso.»

(Graça Franco, diretora de informação da Rádio Renascença, aludindo às perguntas que Passos Coelho fez ao Governo)... e, digo eu, que poderia ter feito aos gestores quando esteve no Governo).

Ponte Europa - O patriotismo e o sentido de Estado não se aprendem nas madraças juvenis.

Comentários

e-pá! disse…
É isso!
O que Bruxelas [ainda] não teve coragem de fazer em relação à recapitalização da CGD o PSD apressa-se a fazer a mando (ou por conta própria) na sua paróquia.
Durante a última guerra este comportamento tinha um nome: 'colaboracionismo'.
Estamos sob factos com alguma semelhança.

Mensagens populares deste blogue

Nigéria – O Islão é pacífico…

A desmemória e a dissimulação

Miranda do Corvo, 11 de setembro