Uma face da moeda...

Para muitos (portugueses e portuguesas) que são ciclicamente incomodados com relatórios, previsões e ameaças oriundas do FMI as declarações Maurice Obstfeld (‘um dos mais importantes economistas do FMI’) revelam-se extremamente esclarecedoras quanto ao neoliberalismo e às políticas de austeridade link.

Este 'economista-chefe' incapaz de disfarçar a sua inabalável crença nos mercados (e na sua ‘competitividade e abertura’ ) cujas virtudes não perde o ensejo de elogiar, mostrou alguma ousadia em reconhecer as experimentações do seu organismo (diz estar a tentar ‘aprender com as experiências’), mas ao menos teve o pudor de não proclamar: “Social-democracia, sempre!”.

Por cá não tem sido assim e verifica-se que o travestismo político e ideológico da direita portuguesa tem uma infindável capacidade simuladora e de aposta no obscurantismo doutrinário, facto que se acentuou - notavelmente - desde que foi remetida para a Oposição.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Nigéria – O Islão é pacífico…

A ânsia do poder e o oportunismo mórbido

Macron e a ‘primeira-dama': uma ‘majestática’ deriva …