PàF...



E não há um sobressalto cívico na direita moderada, um resquício de pudor e um módico de remorso judaico-cristão, perante a incompetência e a mentira reiterada desta direita que até Bruxelas já denuncia?

A abelha-mestra e o zangão foram mestres da intriga e da dissimulação. Onde está o rosto humano da direita que não se reduz a esta trupe que uma central de intoxicação dirigida por Miguel Relvas e o seu acólito Marco António levou à conquista do PSD?

O PSD não deixará que a abelha-mestra faça ao zangão o que soe acontecer. Há melhores abelhas na colmeia.

Quanto ao CDS, a futura liderança de Nuno Melo irá conduzi-lo ao extremismo que Manuel Monteiro falhou.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Nigéria – O Islão é pacífico…

A desmemória e a dissimulação

Miranda do Corvo, 11 de setembro