340.000 euros ‘caídos’ em saco roto…

Prisioneiros republicanos construindo o Vale dos Caídos

Os falangistas tudo fizeram para manterem aceso o facho no Vale de los Caídos. Franco contratualizou um ‘corpo’ residente de 20 monges beneditinos pela módica quantia de 340.000 anuais link. Ao que supomos para ‘encomendar’ a ‘alma’ do ditador. Tal verba perfaz uma mensalidade de cerca de 1.400 € per capita (o dobro do salário mínimo espanhol). Trata-se de um monumento polémico que serve de sepultura às vitimas de uma parte dos mortos da guerra civil espanhola. Outras vítimas - da facção contrária (republicanos) - são aqui e acolá exumadas de valas comuns ao sabor de achados de investigações históricas.

Mas uma verdadeira caricatura histórica é a sepultura do caudilho ter sido ‘imposta’ junto ao altar da ‘basílica’ do Vale dos Caídos. Trata-se de um homem que morreu, na cama de um hospital de Madrid, de complicações sistémicas da doença de Parkinson e da sua proveta idade.

Grave, em termos públicos, é que a organização que ostenta o pomposo nome de Fundação de Santa Cruz do Vale dos Caídos não apresentar ao Tribunal de Contas qualquer justificativo do uso deste dinheiro. Trata-se de uma instituição que se colocou acima das regras que contas gerais do Estado devem submeter tudo e todos. 
Ninguém sabe se esta verba oriunda do Ministério da Presidência é utilizada para cumprir as suas funções: “las cargas espirituales impuesta por el fundador y atender a la finalidad social…. “, ou para quaisquer outros fins não explicitados [manter viva ('arriba') a 'fé' no franquismo].

Neste tempo de exaltação da economia do 3º. sector é melhor os portugueses andarem prevenidos quando à hipótese do piedoso Presidente da República poder vir a pugnar pela atribuição do um óbolo idêntico à confraria da irmã Lúcia, não para rezar pela alma dos combatentes da República que as aparições tentaram exorcizar das suas convicções laicas e alguns laivos anti-clericais, mas pelos relevantes serviços prestados durante decénios à saga anti-comunista através de uma anunciada 'conversão' de países eslavos…a um pasto povoado por azinheiras e pastoreado por criancinhas.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

O último pio das aves que já não levantam voo

Cavaco Silva, paladino da liberdade

Efeméride – 30 de outubro de 1975