1 de outubro de 1936

Há 77 anos, Francisco Franco, líder da revolta antidemocrática conta a República espanhola, foi nomeado chefe de Estado.

Com a cumplicidade da Igreja católica, um dos maiores genocidas da Humanidade, morreu sem ter sido julgado, deixando inúmeras valas comuns cheias de cadáveres de adversários sumariamente executados durante o seu longo consulado.

Foi um dos rostos mais execráveis do fascismo internacional e a figura mais sinistra da Península Ibérica.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Insurreição judicial

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime