A Espanha profunda continua nazi sob a capa do Partido Popular

«Bandeiras pré-constitucionais, cartazes do ditador Francisco Franco, quadros com a efígie de José António, fundador da Falange, estandartes com a suástica nazi, panos com a caveira emblemática das SS Totenkopf... O colégio público Príncipes de Astúrias, de Quijorna, município de 3.000 habitantes governado pelo Partido Popular, converteu-se no sábado num mercado infindável da parafernália franquista e nacional-socialista numa dezena de stands encimados com a seguinte bandeira: “Saúde a Franco! Viva Espanha!”.

A presidente do município, Mercedes García, pediu desculpas. “Não havia nenhuma intenção de ferir os sentimentos de ninguém. Quando visitei a exposição, não me dei conta de que havia bandeiras pré-democráticas ou cruzes gamadas. Não ia com essa ideia de observar”, tentou explicar-se ontem. O PP conta com seis vereadores em Quijorna, para quatro do Grupo Independente de Quijorna e uma edil do PSOE».

(…)

(Traduzido do El País, de hoje)

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Insurreição judicial

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime