O faroeste…

Se alguma dúvida existisse sobre o que está em curso a proposta oriunda do PSD/Madeira link (ao que tudo indica com o conhecimento prévio da direcção nacional do PSD) sobre uma revisão constitucional avulsa e condicionada - destinada a resolver problemas políticos governamentais do momento - aparece a esclarecer tudo e todos. 
Uma espécie de ‘desamparar a loja’.

Na verdade, o que se prepara é o fim do regime ‘nascido’ a 25 de Abril e a sua substituição por um ‘outro’, nunca sufragado, onde a vontade dos cidadãos é submersa na subserviente aceitação de enredos económicos e financeiros. 
Esta proposta absolutamente provocatória que mereceu um táctico distanciamento da direcção nacional do PSD link destina-se a fazer o papel de ‘lebre’. Mais tarde surgirá a ‘verdadeira’, aparentemente amenizada e expurgada dos desaforos do ‘sector madeirense’, que se encaixará na estratégia partidária de revisão constitucional, em hibernação desde 2010.

A perversão sistemática do jogo político democrático que se acentuou desde há 3 anos (Junho de 2011) já não chega. Para o PSD é urgente promover uma mudança abrupta do regime. Fazer crer que, como no faroeste onde a lei estava no gatilho do rifle, daqui para a frente, o futuro dos povos será decidido e ‘garantido’ pelos mercados.

A proposta de revisão constitucional do PSD pretende consagrar um ‘monetarismo de fachada demo-liberal’ que, inspirado na doutrina da ‘Escola de Chicago’, deverá incorporar uma 'nova Lei Fundamental onde os direitos, liberdades e garantias serão algo de residual e incapazes de perturbar o andamento da promiscua ‘coboiada’ em evolução…

Comentários

Mensagens populares deste blogue

A ânsia do poder e o oportunismo mórbido

Nigéria – O Islão é pacífico…

Macron e a ‘primeira-dama': uma ‘majestática’ deriva …