Estados cruéis

A pena de morte é uma crueldade estúpida, desumana e ineficaz.

Comentários

Anónimo disse…
Cuba é um lugar muito livre.
Nem sequer ha execuções e deve haver liberdade de imprensa.
Caro leitor:

Devido à sua observação vou alterar o título «Os Estados mais cruéis», para «Estados cruéis».

Reconheço que a pena de morte não é o único parâmetro para avaliar a crueldade de um Estado.
e-pá! disse…
Continuando a verberar todos os Estados que mantêm no seu ordenamento jurídico a pena de morte, verificamos que no relatório da Amnistia Internacional de 2006, houve uma diminuição de 25 % nas execuções e nas sentenças de morte.

Gostaria de interpretar esta regressão como um declínio da pena de morte no Mundo mas, na minha opinião, deve, tão somente, ser um estímulo para continuarmos a pugnar, com todos os meios disponíveis, contra esta terrível barbárie que “conseguiu” chegar ao séc. XXI.

Nesse sentido, junto a lista e o ranking dos 6 piores, em nº. de mortes / Estado:
1º) China : 1010
2º) Irão: 177
3º) Paquistão: 82
4º) Iraque: 65
5º) Sudão 65
6º) EUA: 53

E, finalmente, saudar os Estados que abandonaram a prática de tão ignóbil crueldade:
- Filipinas (para crimes comuns);
- Geórgia (retirou a pena da Constituição);
- Moldávia (idem)
e, por fim,
- Coreia do Sul, à beira da sua eliminação!
Anónimo disse…
"Há beira" é impecáqvel. O que é que isso quer dizer? Ou tem ou não tem, homem! Pela mesma ordem de ideias o Senhor devia referir os EUA. Sabe qual é a percentagem de estados onde a pena de morte é passivel de ser aplicada?

OS
e-pá! disse…
À sua pergunta respondo:
- segundo a AI 69 países mantêm a pena de morte.
Mas já que gosta de percentagens "os 6 piores" anteriormente mencionados, representam 91% das condenações à morte em 2006.

À beira de um ataque de nervos por lá estarem os EUA?

Acalme-se porque na China é pior (muito pior).
Anónimo disse…
Não respondeu ao que lhe perguntei mas não faz mal. Também...a isso não era obrigado.no fundo sabia esses números e estava morto mortinho para os cuspir. Faz bem...
Grande abraço

OS
e-pá! disse…
Peço desculpa mas polarizei a minha atenção na pena de morte.

Esqueci-me da sua outra pergunta:
"Há beira" é impecáqvel. O que é que isso quer dizer? Ou tem ou não tem, homem!"

Entenda-me, com um exemplo:
- os cidadãos portugueses ( o comentador incluído) estão à beira de começar a pagar portagens nas SCUT's.
Sabe o que isso quer dizer?

Finalmente, não costumo "cuspir", nomeadamente para o ar, nem mesmo números.
Acho é que quem se interessa por questões humanitárias deve ler os relatórios da Amnistia Internacional. Manias...

Mensagens populares deste blogue

Goldman Sachs, política e terrorismo financeiro

Miranda do Corvo, 11 de setembro

Maria Luís e a falta de vergonha desta direita