E agora, George?


WASHINGTON (Reuters) - A política bélica do governo de George W. Bush recebeu na quinta-feira um golpe sem precedentes, na forma de um projeto aprovado no Congresso que vincula uma liberação de verbas a um prazo para a retirada das tropas norte-americanas do Iraque -- o que certamente será alvo de um veto presidencial.

Comentários

ana disse…
E onde andarão os defensores de Bush? Tão activos para outros assuntos, não os tenho agora visto por aqui.

Bush acabará por se retirar com milhares de mortos às costas e sem ter sido punido por isso.Mas o mundo é assim, tem 2 pesos e 2 medidas.
Manuel Norberto Baptista Forte disse…
... para sossego do Povo Americano e sossego da Comunidade Internacional,"exige-se" que esta aberração da política se retire o mais breve possível, e se retenha para sempre, no seu rancho.

Mensagens populares deste blogue

O último pio das aves que já não levantam voo

Cavaco Silva, paladino da liberdade

Efeméride – 30 de outubro de 1975