Dia Mundial do Livro

Texto da Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas.

"A ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE BIBLIOTECÁRIOS, ARQUIVISTAS EDOCUMENTALISTAS INFORMA
DIA MUNDIAL DO LIVRO E DO DIREITO DE AUTOR

Com a celebração deste dia no mundo inteiro, a UNESCO pretende fomentar aleitura, a indústria editorial e a protecção da propriedade intelectualatravés do direito de autor. A 23 de Abril 1616, faleceram Cervantes, Shakespeare e Garcilaso de la Vega"El Inca". Esta data marca igualmente o nascimento ou a morte de grandesautores tal como Maurice Druon, K. Laxness, Vladimir Nabokov, Josep Pla ouManuel Mejía Vallejo. Por este motivo, esta data, tão simbólica para aliteratura universal, foi escolhida pela Conferência Geral da UNESCO paraprestar uma homenagem mundial ao livro e aos seus autores, e incentivar cadaum, em particular os mais jovens, a descobrir o prazer da leitura erespeitar a insubstituível contribuição dos criadores ao progresso social ecultural.A ideia desta celebração teve origem na Catalunha (Espanha), onde étradicional oferecer uma rosa em troca da compra de um livro. O sucessodesta iniciativa depende fundamentalmente do apoio que pode receber dosmeios interessados (autores, editores, livreiros, educadores ebibliotecários, instituições públicas e privadas, organizações nãogovernamentais e medias) mobilizados em cada país através das ComissõesNacionais da UNESCO, das associações, centros e clubes UNESCO, das redesescolares e das bibliotecas associadas, e de todos que se sentem motivadospara participar a esta festa mundial."

Conselho do Ponte Europa:
Vá à Praça da República, compre um livro e receba uma rosa!

Comentários

Anónimo disse…
mais um comentário em duplicado....
Anónimo disse…
Carlos esperança faz se passar por ANA!!!!!!!!vejam o ip abtes dele apagar este
e-pá! disse…
A educação, o analfabetismo e a leitura, são indicadores de desenvolvimento e, para além disso, os alicerces onde se ancora o futuro.

Um estudo de mercado, por amostragem, efectuado há 3 anos, em Portugal, exibia - em relação aos que se ASSUMMEM COMO LEITORES -a seguinte situação :

nº. livros lidos /ano

1 a 2 - 14%
3 a 5 - 27%
6 a 10 - 27%
11 a 20 - 13%
> 20 - 5%
NS/NR - 14%
(total de leitores inquiridos: 885)


Só 1/4 dos inquiridos - entre os 15 e os 65 anos - declararam-se como "NÃO-LEITORES" (de livros ou revistas).
(total de entrevistas: 2000).

Quantum - estudos de mercado, 2004.

Importa ser sincero. Em meu entender, considero a situação deficiente, mas julgava-a pior.
O pessimismo dos portugueses...

A iniciativa da Unesco, sendo importante e oportuna, pode ajudar a melhorar estes números.
Temos obrigação de melhorar se, complementarmente, existirem polítcas editoriais e circuitos de divulgação, adaptados à situação portuguesa.
E, não esquecer os preços...
Anónimo disse…
receber uma rosa???? ahahahahaha

ahahahahahahhahahahhaha

Parece que só os homens de esquerda é que lêem livros...

Ultimo livro do Andrezito:

"Eu Carolina" Parece que recebeu uma rosa, mas, como em França, parece que perdeu a cor e ficou branca!!!!

ahahahahahhahahha
Anónimo disse…
Não porque o Andrezito não lê livros desses. O andrezito autodenomina-se de culto porque gosta muito de ler. Desde pequenino que lê muito. o andrezito lê inclusive Filosofia. O andrezito como o proprio o descreve, tem um blogue que fala de Politica, sociedade e direito. Por isso so pode ser culto. Pudera, com os livros que vai lendo tem que ser muito culto. E nós estamos todos muito admirados com isso.
O andrezito inclusive, por ser tão genial publica os mesmos textos no Ponte Europa que publica no seu blogue pessoal, para que todos possam usufruir do seu dom.
Anónimo disse…
ideia desta celebração teve origem na Catalunha (Espanha), onde é tradicional oferecer uma rosa em troca da compra de um livro.
ana disse…
"Carlos esperança faz se passar por ANA!!!!!!!!vejam o ip abtes dele apagar este

Seg Abr 23, 08:28:00 PM "

Ó anónimo, explique lá isso melhor, sff.

Mas como é só um cobarde boateiro, não vai explicar nada.
ana disse…
"receber uma rosa???? ahahahahaha

ahahahahahahhahahahhaha

Parece que só os homens de esquerda é que lêem livros..."

Anónimo, o que tem no seu comentário a rosa a ver com a esquerda e os livros?

Safa, é preciso fazer muita ginástica mental para não ficar completamente burra.
ahp disse…
"Parece que só os homens de esquerda é que lêem livros..."
Não será totalmente verdade, mas é quase! Os de direita sempre tiveram tendência para o analfabetismo. Eu que já cá ando há muitos anos ainda me lembro de um artigo do então jovem intelectual de extrema-direita Dr. Jaime Nogueira Pinto, no pasquim fascista "Agora", intitulado "Seremos umas bestas?" em que acusava os seus camaradas de não lerem nada!"Leiam ao menos o editorial do Diário de Notícias!",dizia ele...
ana disse…
"Não será totalmente verdade, mas é quase! Os de direita sempre tiveram tendência para o analfabetismo"

Há gente de direita culta e inteligente, mas pouca. A maior parte diz-se de direita porque acha que, se o fizer, pertence à classe dos ricos. É mais uma ilusão. Jamais passarão de pobres, e de pobres estúpidos, o que é trágico.

Mensagens populares deste blogue

O último pio das aves que já não levantam voo

Cavaco Silva, paladino da liberdade

Efeméride – 30 de outubro de 1975