Carregal do Sal – Presidente ou Sacristão?

O pio edil de Carregal do Sal é uma espécie de Mariana Cascais de calças que julga viver num Estado confessional.

Atílio Nunes dos Santos recebeu nos Paços do Concelho a visita pascal o padre José António, beijou a cruz e deu-a a beijar – ele, presidente da Câmara – aos munícipes.

A notícia é omissa, mas é natural que o padre José António receba na Igreja o Sr. Atílio com o busto da República e que, depois de o beijar – ele, padre – o dê a beijar aos paroquianos.

É difícil dar a César o que é de César, quando é débil a cultura democrática e inexistente a formação cívica.

Comentários

Anónimo disse…
Este nosso país é um torrãozinho de açúcar, para bom sossego das almas pias.
E há povo que não quer outra coisa!
Anónimo disse…
Este nosso miserável país em que autarcas se transformam em sacristãos, e deputados adquirem títulos académicos em percursos duvidosos... ambas a condenar... ou não?
ana disse…
Tão ridículo. Não evoluem mesmo. Mas o povinho deixa. E gosta.
Anónimo disse…
Olha agora temos um CE feminino...

Mensagens populares deste blogue

Goldman Sachs, política e terrorismo financeiro

Miranda do Corvo, 11 de setembro

Maria Luís e a falta de vergonha desta direita