Já não era sem tempo


Comentários

Anónimo disse…
Isto dito por um suposto tipo de esquerda, não está nada mau!!!

Viva os Belmiros de Azevedo!!!

eehehehehehe
ana disse…
Não é o facto de os hipers fecharem ao domingo à tarde que salva o comércio tradicional. Este está condenado nos moldes em que o conhecíamos, porque a vida mudou. Ou os pequenos comerciantes se adaptam ou têm de mudar de vida. Infelizmente não podem competir em preços nem em diversidade de oferta.É pena, mas a vida é assim.Perde o pequeno comerciante, ganha o consumidor.
Anónimo disse…
Outra... grande esquerdista !!!

Cambada de hipócritas!!!
Anónimo disse…
Os trabalhadores que se lixem...viva o umbigo dos gajos do PS e as belas "reformas".
CA disse…
Fechar os hipermercados aos domingos à tarde é uma irracionalidade completa.

Os trabalhadores afectados são uma ínfima minoria quando comparados com o número de trabalhadores que tem turnos que incluem as tardes de domingo. Por essa lógica teríamos que fechar praticamente todos os centros comerciais nas tardes de domingo.

Em contrapartida para muitas pessoas a possibilidade de fazerem compras aos domingos à tarde evita grandes incómodos. Como consumidor fiquei muitas vezes prejudicado por não poder fazer compras nesse horário e ter que as fazer a outras horas.
Vítor Ramalho disse…
Que grandes xuxialistas.
São é certamente lacaios do capital.
O pequeno comércio que se dane, os trabalhadores que se danem.
Viva O Belmiro e o Sócrates.
Vão dar um passeio com a família no domingo à tarde. No choupal nos percursos terrestres na Serra da Lousã. Deixem o consumismo pelo menos ao domingo.
CA disse…
Vitor

"O pequeno comércio que se dane"

O pequeno comércio (como o grande) existe para servir o cliente quando este quer. Não é o cliente que tem que ser prejudicado para salvar qualquer tipo de comércio, grande ou pequeno.

"os trabalhadores que se danem"

Há muitos trabalhadores que precisam de fazer compras ao domingo à tarde.

"Vão dar um passeio com a família no domingo à tarde."

Preferia que cada família pudesse decidir o que fazer no seu fim de semana.

"Deixem o consumismo pelo menos ao domingo."

Se fazer compras é assim tão mau o melhor seria proibir as compras todos os dias da semana.
ana disse…
Gostaria de saber se as pessoas que condenam a abertura dos hipers ao domingo porque os seus trabalhadores não podem nesse dia estar com as suas famílias, também condenam o funcionamento dos transportes, cinema, teatro, museus, restauração...
Vejam só o que fazem nos domingos à tarde e quem tem de estar a trabalhar para os servir...

Mensagens populares deste blogue

Vasco Graça Moura

A lista VIP da Autoridade Tributária