Redução do IVA de 21% para 20%

Desconheço os referenciais económicos que possibilitaram a redução do IVA, mas é um sinal de optimismo, num ano em que não há eleições.

Quem tanto mal agoirou na subida de 19% para 21% (e com razão, a meu ver) tem agora a obrigação de manifestar, por coerência, um optimismo da ordem dos 50% do pessimismo que então exprimiu?

Comentários

space_aye disse…
Discordo.
É uma colher de chá para calar os portugueses.
Os preços não vão descer.
e-pá! disse…
É exactamente isso!
Vamos ver o reflexo desta medida, sobre a inflação, no próximo trimestre ou semestre, i.e., num período homólogo.
Parece-me uma colherada muito precoce, a não ser que venham aí um "chorilho" de benefícios fiscais...que nos façam esquecer, p. exº., "nuestros hermanos" que, aliviados de uma grande carga de IVA, vivem melhor do que nós..., digo, têm uma economia mais sólida do que a nossa...
e-pá! disse…
Adenda:

Não há maneira de fugir à conotação eleitoralista... e iludir a manobra. Apertou-se o cinto com tanta violência e convicção, que não há descompressão...
Entramos no periodo de: "preso por ter cão, preso por não ter..."
Até porque, se seguirmos de perto esta pequena questão fiscal, desde há 15 dias, no aspecto mediático, nem para o próprio governo, ela terá corrido bem...

Aliás, penso que o PS vai ter grandes dificuldades nesta área da "recuperação fiscal", dadas as reecorrentes intromissões de Manuela Ferreira Leite, por sua iniciativa própria ou a insinuar (transmitir) recados de Belém ...

Aliás, as declarações de ontem de diversas associações empresariais, foram levantando a ponta do véu...à maneira como a população vai reagir a um longo período de contenção.
Depois de pedir tantos esforços, durante tanto tempo - embora Socrates não seja o esclusivo culpado, já andamos nisto desde Durão Barroso (Santana Lopes não conta ...) - o problema já não é a tributação fiscal.
Será, outro, muito mais sério, a redistribuição dos rendimentos...
Anónimo disse…
Uma medida é eleitoralista a um ano das eleições? Oh...

Mensagens populares deste blogue

Vasco Graça Moura

A lista VIP da Autoridade Tributária