Crime e castigo

Um padre católico ruandês foi hoje condenado, em segunda instância, a prisão perpétua por incitação ao genocídio e por participação directa na morte de 1500 tutsis que se tinham refugiado na sua igreja, durante a campanha genocida que varreu o país em 1994.

No melhor pano cai a nódoa...

Comentários

Anónimo disse…
novo post em laurindaaac.blogspot.com
Anónimo disse…
Uma formiga não faz o formigueiro.
Paulo Pedroso é pedofilo e tenho a certeza que o senhor nao acredita que o Partido Socialista é todo pedofilo. Ou acredita?
Anónimo disse…
Compreende-se que o "anónimo" anterior seja anónimo, pois está a cometer o crime de difamação ao dizer q PP é pedófilo, depois de os tribunais o terem despronunciado.
Anónimo disse…
Cerca de 36 toneladas de pescado estão desde Janeiro a aguardar destino no porto de Lisboa, tendo o Ministério da Agricultura sugerido a sua destruição. Uma carga semelhante, da mesma origem, foi no entanto descarregada normalmente em Espanha, perante a indignação do armador.

Tudo porque o proprietário do navio-frigorífico Duero vendeu a embarcação em Outubro, logo após a referida descarga, deixando de integrar a lista oficial da UE, que era válida até Novembro de 2007, por não ter sido revalidada. Assim, à data de descarga do navio porta-contentores na península ibérica, o Duero já não constava da lista."

(...)

fonte do Ministério da Agricultura confirmou que esta decisão se deveu a um "erro administrativo". A legislação comunitária é muito rígida e diz que se não estiver na lista, não entra".
in imperio lusitano
Anónimo disse…
ahp disse...
Compreende-se que o "anónimo" anterior seja anónimo, pois está a cometer o crime de difamação ao dizer q PP é pedófilo, depois de os tribunais o terem despronunciado.

Caro ahp

A ingenuídade é característica de muita gente, toda a gente sabe que o "PP" é pedófilo, o despronunciamento dos tribunais tem muito que se lhe diga...

Os portugueses sabem que os processos "Casa Pia" e não só, vão dar em nada...mal vai a justiça do meu país.

Mensagens populares deste blogue

António Costa e a popularidade

Vasco Graça Moura