A Cúria não tem cura

O papa reconheceu a dificuldade da reforma da cúria romana ao referir-se a uma «corrente de corrupção» e à existência de um lobby gay durante um encontro com religiosos latino-americanos, noticia hoje a agência I.Media.

A reforma da cúria, o Governo da Igreja católica, defendida por "quase todos os cardeais" nas reuniões preparatórias do último conclave, é um projeto "difícil", reconheceu o papa numa reunião, a 06 de junho, com responsáveis da Confederação latino-americana e das Caraíbas dos religiosos e religiosas (CLAR).

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime

Tunísia – Caminho da democracia ou cemitério da laicidade ?