Manuel Louzã Henriques – uma referência nacional


O convite da editora Lápis de Memórias e das autoras Manuela Cruzeiro e Teresa Carreiro foi aceite por mais gente do que o auditório do Conservatório da Música, em Coimbra, comportava. Não havia lugares sentados para todos mas ninguém se afastou.

O livro «Manuel Louzã Henriques – Algures Com Meu(s) Irmão(s)», cujas 460 páginas ficarão para ler nos próximos dias, foi o pretexto para a grandiosa homenagem ao mais avesso dos cidadãos a homenagens ou veneras.

Centenas de amigos vieram, de todo o país, abraçar o velho comunista, o preso político a quem a ditadura impediu uma carreira universitária e a democracia jamais ressarciu, e abraçar um homem como já não há.

Louzã Henriques é uma personalidade de rara dimensão ética e cultural, de inexcedível coragem cívica e grandeza humana. Foram muitas as cumplicidades que, à falsa fé, ali levaram o médico psiquiatra, escritor, político, homem eclético que mergulhou no povo a raiz de uma insuperável cultura.

Raros foram os homens deste país, no último século, de tão amplo ecletismo cultural e, muito poucos, foram capazes de reunir a admiração de tão amplos setores de opinião.

Mais do que culto – e é-o numa dimensão inexcedível –, Louzã Henriques, um notável conversador e um pedagogo excelso, é, sobretudo, um homem sábio, um ser humano de afetos insuperáveis e uma personalidade singular.


Ninguém saberá dizer dele tudo o que é, mas à sua dimensão humana e afetiva, aqui fica a homenagem de um amigo que o ouve embevecido e o admira sem reservas.

Comentários

Isilda Inês disse…
Um grande HOMEM, daqueles que quem priva com ele jamais o esquece.

Tive a sorte de trabalhar com ele, aprender com ele, deliciar-me a ouvir as historias dele ao sabor do encanto da Marques de outros tempos. Em casa naquele ninho ao lado daquela MULHER udo respira afeto e disponibilidade. Tudo, mas sempre tudo salpicado com muita, muita cultura e recheado de uma grande sabedoria.
Isilda Inês disse…
Tive a sorte de trabalhar com ele, aprender com ele, deliciar-me a ouvir as historias dele ao sabor do encanto da Marques de outros tempos. Em casa naquele ninho ao lado daquela MULHER, tudo respira afeto e disponibilidade. Tudo, mas sempre tudo, salpicado com muita, muita cultura e recheado de uma grande sabedoria.
Sem sombra de dúvida que o Dr. Manuel Lousâ Henriques personifica grandes qualidades de saber,cultura e valor humano e médico. O livro publicado pela editora Lápis de Memórias, das autoras Manuela Cruzeiro e Teresa Carreiro sobre a vida e a obra de MANUEL LOUSÂ HENRIQUES é um bom e rico exemplo das suas muitas e boas qualidades como médico,cidadão e um grande humanista

Mensagens populares deste blogue

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime

Tunísia – Caminho da democracia ou cemitério da laicidade ?