No Jardim Botânico Tropical, de Lisboa

Ontem, Cavaco Silva e a imprescindível prótese, Maria Cavaco Silva, plantaram uma árvore, «pela importância da árvore na história da República» cuja abolição do feriado promulgou.

Disse que já plantou «dezenas de árvores» e abriu «dezenas de covas», sendo novidade a primeira confidência.

Escusava de se ter declarado especialista na abertura de covas que os atos falam por si. Certamente que as árvores ficaram bem presas pois as covas abertas pelo agricultor são buracos donde nunca se sai. É inegável a sua vocação para coveiro.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime

Tunísia – Caminho da democracia ou cemitério da laicidade ?