A frase

«Até o advogado do diabo pode ser inteligente e pode perceber que não basta papaguearmos tudo aquilo que nos dizem para fazer uma entrevista».

(Sócrates, na RTP-1, ontem, para o jornalista José Rodrigues dos Santos, respondendo à cilada de há duas semanas).

Sócrates fez ao jornalista o que António Marinho (ex-bastonário da OA) fez á mulher de José Eduardo Moniz.

Comentários

Manuel Galvão disse…
Sócrates, ou é um anjo ou é um demónio. Por isso atrai irresistivelmente as pessoas e nos meios de comunicação...
Atrai ou repele, Manuel Galvão.
e-pá! disse…
Apesar de tudo J. Rodrigues dos Santos esteve mais comedido.
Todavia, continua a orientar o comentário político semanal para o 'sucedido' e o 'não-sucedido' nos ex-governos de José Sócrates.
É uma maneira de desvalorizar o impacto que o comentário poderia ter sobre os assuntos da actualidade nacional e/ou europeia.
E por mais piruetas que faça o jornalista continua a hipotecar a sua imagem profissional.

Mensagens populares deste blogue

O último pio das aves que já não levantam voo

Cavaco Silva, paladino da liberdade

Efeméride – 30 de outubro de 1975