Abril será sempre mês e 25 todos os dias

Abril é o grito de um povo amordaçado, a esperança renascida na paz e na democracia, um perpétuo jardim de cravos a florir enquanto os cadáveres da ditadura apodrecem de raiva, ressentimento e vergonha.

Pode a incúria do povo, que não julgou as responsáveis pela ditadura, votar em biltres e deixar-se iludir por inimigos, mas um dia ressurgirá das cinzas da afronta o grito eterno:

Abril, Sempre!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

A ânsia do poder e o oportunismo mórbido

Nigéria – O Islão é pacífico…

Macron e a ‘primeira-dama': uma ‘majestática’ deriva …