Um paleio indecoroso …

O primeiro-ministro reprovou, esta sexta-feira, o que aconteceu no que toca à aplicação dos fundos da União Europeia nos últimos 25 anos, tendo mesmo classificado-os de «dececionantes». Temos de ser muito mais exigentes e elevar a nossa fasquia quanto aos resultados estruturais de médio e longo prazo», acrescentou Pedro Passos Coelho, no encerramento da conferência «Portugal rumo ao crescimento e emprego”. link

Chama-se a isto promover a um mega-comício com o presidente da Comissão Europeia  e o Presidente da República e aproveitar o ensejo para botar faladura com conhecimento de causa.

Passos Coelho quando resolve pensar o modelo de crescimento português e os fundos europeus tem saudades da Tecnoforma, delírios sobre a capacitação do pessoal camarário em matéria aeroportuária e pesadelos acerca da rede nacional de aeroportos municipais. link. Por esta ordem.
E para mitigar estas terríveis sensações foi 'repescar' o seu companheiro Miguel Relvas para os órgãos nacionais do PSD...

Comentários

Mensagens populares deste blogue

O último pio das aves que já não levantam voo

Cavaco Silva, paladino da liberdade

A ânsia do poder e o oportunismo mórbido