A mentira de Durão Barroso

Cinco governadores do Banco de Portugal confirmaram que Durão Barroso mentiu, mas foi por uma boa causa. Defendeu o Governo, o PR e todos os amigos arguidos no caso BPN.

É preferível difamar um presidente do Banco de Portugal a ver na cadeia os seus correligionários. E, no fundo, é apenas mais uma herança que a canalha do BPN deixa aos portugueses.

Comentários

Durão limitou-se a respeitar a "omertá" da "Cosa Nostra"...
e-pá! disse…
Enquanto andarem - impunemente - à solta os ladrões e as atenções a serem solicitadas para o polícia - que foi nitidamente lubridiado - estamos conversados.
Era suposto que ao fim de tantos anos em Bruxelas um adestrado cherne se movimentasse melhor nas águas turvas (da política e do 'mundo financeiro') e não chamasse tanto à atenção para basoseiras incoercíveis.
Todavia, a desfaçatez é por vezes tão 'enorme' como o selvático aumento de impostos de Gaspar... que hoje é celebrado, pela actual maioria, como um 'tremendo' exito (neoliberal?)

Mensagens populares deste blogue

O último pio das aves que já não levantam voo

Cavaco Silva, paladino da liberdade

Efeméride – 30 de outubro de 1975