quarta-feira, maio 24, 2006

As calúnias, os cobardes e os mentirosos

Ontem, no post «O congresso do PSD e a Regionalização», um corajosos anónimo escreveu, a despropósito, o seguinte:

«O problema de Portugal não é dos projectos é das pessoas... Tomem lá mais um exemplo:

A SUSANA ISABEL COSTA DUTRA É FILHA DE QUÊM????

SABEM EM QUE CONSISTE A "MANUTENÇÃO" DO SITE DO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA?

NÃO? OK! EU ESCLAREÇO: TRATA-SE DE ACTUALIZAR CONTEÚDOS, UM TRABALHO QUE PROVAVELMENTE MUITOS DOS V/FILHOS FAZEM LÁ NA ESCOLA OU EM CASA "COM UMA PERNA ÀS COSTAS".

POR FALAR EM "COSTAS" ACHAM QUE O MINISTRO COSTA RECORREU AO OTL E PEDIU UM PUTO QUALQUER PARA TRATAR DO ASSUNTO? NÃO! TRATA-SE DE UMA TAREFA ALTAMENTE TÉCNICA QUE JUSTIFICA UMA REMUNERAÇÃO DE 3.254,00 EUROS MAIS O SUBSÍDIO DE ALMOÇO, CLARO.

E SABEM QUEM TEM O PERFIL ADEQUADO A ESSA FUNÇÃO? NÃO?

OK! EU ESCLAREÇO.

TRATA-SE DE SUSANA ISABEL COSTA DUTRA.

VOLTANDO AO TEMA DO ASSUNTO E RESPONDENDO, SUSANA ISABEL COSTA DUTRA, É FILHA DO MINISTRO ALBERTO COSTA.

QUANDO FOREM AO SUPERMERCADO E PAGAREM O IVA A 21% NÃO SE ESQUEÇAM QUE A SUSANA ISABEL COSTA E FAMÍLIA (LEIA-SE O MINISTRO COSTA) AGRADECEM. SE PUDEREM ESPALHEM POIS PODE HAVER ALGUÉM QUE NÃO TEM ACESSO AO DIÁRIO DA REPÚBLICA QUE SEGUE EM ANEXO!

Se existirem duvidas tb posso postar o DR!!! Quiçá encontramos mais uns quantos afilhados, primos, sobrinhos, filhos de õu até quiça filhos da..."Ai Portugal..Portugal de que estás á espera!!!"
Ter Mai 23, 07:03:10 AM
...................................

Como já recebi dezenas de vezes a calúnia com o Despacho do Ministério da justiça, que aqui se publica, (V/imagem) é tempo de pôr cobro à campanha de difamação que se faz contra um antigo dirigente associativo, cujo primeiro filho nasceu com ele no exílio, e é um exemplo de verticalidade e de democrata, publicando a «Nota do ministério da Justiça»:

Nota - Contratação de Susana Dutra

Em relação à contratação de Susana Dutra como assessora do gabinete do ministro da Justiça, cumpre esclarecer o seguinte:

1 – Susana Dutra foi contratada tendo em vista, em primeira linha, a substituição do actual website do Ministério da Justiça por um portal de serviços e informações aos cidadãos e às empresas para a área da Justiça.

2 – Este novo portal, que já está on-line, exigiu a contratação de Susana Dutra, de modo a acompanhar desde já o processo de implementação técnica do portal e a sua gestão editorial.

3 – O novo portal será tecnicamente desenvolvido pelos serviços do Ministério, sem que isso envolva qualquer custo adicional.

4- Pelo contrário, até ao momento a concepção técnica e a gestão editorial do actual website estavam a cargo de uma empresa externa, contratada pelo anterior Governo, com os custos financeiros e dificuldades de comunicação inerentes a esta situação.

5 – A contratação de Susana Dutra como assessora do Gabinete foi feita com integral respeito dos procedimentos legais e o seu vencimento decorre da lei, sendo até do ponto de vista financeiro mais vantajosa que a manutenção do contrato com uma entidade externa ao Ministério.

6 – Paralelamente ao seu trabalho na gestão editorial do novo portal da Justiça, a Susana Dutra, jornalista com experiência na imprensa escrita e na gestão editorial de websites, colaborará igualmente no trabalho regular de assessoria de imprensa.

7- O Ministério da Justiça desmente de forma categórica a existência de qualquer relação de parentesco entre o ministro da Justiça, Alberto Costa, e a assessora de imprensa, Susana Isabel Costa Dutra.
http://www.mj.gov.pt/sections/informacao-e-eventos/imprensa/nota-contratacao-de/
.......

Os caluniadores vão continuar mas o cidadão Alberto Costa merece este gesto de solidariedade.

Ou, como escreveu o leitor JH, referindo-se ao cobarde caluniador:

«O problema de Portugal deve-se decerto mais a pessoas capazes da baixeza que o seu post assume. Conheço muito bem os três filhos do Ministro Alberto Costa, e nem o Jaime, nem a Joana nem a Inês (e menos ainda o pai) merecem esta falsidade, tentativa gorada, mas infame, de caluniar alguém.JH » Ter Mai 23, 04:50:06 PM

10 Comments:

At quinta mai 25, 12:33:00 da manhã, Anonymous e-pá! said...

De facto somos o País do "vale tudo menos tirar olhos"...

Embora as nomeações do governo PS não estejam isentas de críticas - para enumerar um só exemplo (paradigmático) basta citar A. Vara na CGD - nada autoriza a boataria e a suspeição sobre tudo e todos.
Sobre o desempenho político do Min. A. Costa tenho profundas discordâncias - cito novamente um caso exemplar: a demissão da direcção da PJ. Isto deixando de lado a estratégia global da Justiça em Portugal que considero uma visão estreita, limitada e desgastada por infrutíferas questiúnculas à volta dos funcionários judiciais e magistrados. É de criticar ainda o espectro da "governamentalização" da Justiça que tem pairado sobre algumas decisões.
Tudo versando questões políticas onde o confronto é legitimo e, até, necessário.

Agora o soez ataque pessoal à sua honorabilidade enquanto cidadão, o chafurdar ético (falamos de ética republicana) sobre a sua postura, a associação a atitudes de favorecimento (familiar) é civicamente intolerável.
Mostra que nas questões de honra e dignidade, no seio da luta política, estamos a bater no fundo.

Tentando entender o "comentador anónimo" só me vem à lembrança o Emb. Martins da Cruz.
Ele, provavelmente, teria "vontade" (apetite) e razões políticas para uma doentia vindicta.

Como escreveu Alberto Caeiro:

"O resto é uma espécie de sono que temos,
Uma velhice que nos acompanha desde a infância da doença."

 
At quinta mai 25, 01:19:00 da manhã, Anonymous Carlos Esperança said...

e-pá!

No fundamental, claro que estou de acordo consigo.

O PS bem podia ter poupado os seus simpatizantes ao episódio Vara, um caso igual ao de Celeste Cardona a quem Bagão Félix pagou serviços partidários.

Quanto à administração da Justiça, há modelos diferentes nos vários países europeus. Não estou seguro de que v/ tenha razão mas é uma opinião respeitável.

Agora permitir a mentira e a vilania que todas as semanas recebo como se de uma verdade se tratasse, é excessivo.

Basta!!

Denunciar os que chafurdam na lama (sempre anónimos) também é uma forma de defendermos a democracia.

 
At quinta mai 25, 11:29:00 da manhã, Blogger Camisa Azul said...

“Denunciar os que chafurdam na lama (sempre anónimos) também é uma forma de defendermos a democracia.”

Basta
Sempre que alguém coloca um comentário onde ataca o seu querido partido “socialista” é brindado com insultos.
O Carlos escreve com o seu nome, eu escrevo com o meu, mas na blogoesfera, existem muitos que não escrevendo como anónimos usam nomes que não são certamente os seus. Até porque geralmente os anónimos são pessoas que não têm um blogue.
Claro que recorrer ao insulto para comentar será sempre por mim criticado.

 
At quinta mai 25, 12:37:00 da tarde, Blogger FONSECAeCOSTA said...

Eh Pá e C.Esperança, o post comentado é mais um, entre tantos, daqueles exemplos de cobardia e vilania, que um período de 50 anos de censura, denúncia e repressão por delito de opinião “impregnou” até às entranhas os valores de um conjunto de gerações deste nosso País.
E vai ser muito difícil...porque o ingénuo Abril/74 não teve isso em conta e por isso foi logo “papado, engolido sem ser mastigado, cagado em qualquer sanita e triturado em qualquer ETAR, rio, ribeiro ou mar”.

O 25/Abril/74 apareceu morto em 02 de Maio de 74, quando :
•A CIA de Carlucci entrou em força em Portugal sob patrocínio de Mário Soares, bênção de Sá Carnei-ro e palmas de toda a direita passadista ou neopassadista, agrupados em ranchos folclóricos, com quantos mais nomes melhor: PCP/ML, Grito do Povo, MRPP, OCMLP,FEC/ML,ELP,MDLP,etc.
•O KGB, sob o comando de Cunhal, respondeu a esse reforço e os militantes do PCP se tornaram peões de brega da estratégia subsariana da URSS.

Foi nisto que os governantes(?) militares primeiro e civis depois, de todas as cores se entreteve durante mais de 20 anos. Enquanto o “regime corporativo” se aprofun- dou na vertente mais negativa, sob a conivencia e interesse de alguns sindicalistas novos e velhos, esclarecidos ou de aviário, e sob a batuta inexorável das Ordens.
A educação e a saúde degradaram-se, formaram-se pequenos estados intocáveis dentro do Estado, das Associações Empresariais e outras, as tais “carapaças” em que um qualquer dos poucos ministros corajosos que foram aparecendo tentava atingir, mas em que todas as lanças batiam e faziam ricoche- te, muitas vezes contra o próprio atirador, pondo-o fora de combate.
Instalaram-se interesses com nome público, mas muitos deles a servir interesses privados à volta da mesa do orçamento e a ementa vinda durante anos seguidos da EU voraz- mente sugada por umas centenas de tubarões.
Posição nesta jornada do campeona- to? Abaixo da linha de água! Damos um tiro colectivo na cabeça e fugi-mos para a Espanha ?!

Parece-me que ainda seremos capa- zes…mas temos de começar pelo princípio, e um deles é com toda a certeza a educação e formação, que não permita “posts” exemplos de cobardia e tirania como aquele que estamos a comentar.
Depois exigir que SO´CRATES ou outro com tomates, prossiga as li-
nhas traçadas, as aprofunde, limite ao menor espaço de tempo possivel os efeitos colaterais ver-dadeiramente injustos, NAO PERCA UM SEGUNDO COM SONDAGENS E RESULTA-DOS ELEITORAIS FUTUROS,assegure que os governantes TODOS deem uma vida de exemplo e EXIJA DE TODOS COM MUITA FIRMEZA RESULTADOS. E QUE DENUNCIE SEM PAPAS NA LINGUA A ATITUDE ANTI-PATRIOTICA DO PSD/CDS E DA INICIATIVA PRIVADA, que se mantem parada e dizia que so precisava de estabilidade politica !

 
At quinta mai 25, 02:19:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

E aquele anúncio de Um Tribunal superior onde era nomeado secretário o filho do magistrado? Acho giro ser só para os políticos...

 
At quinta mai 25, 05:35:00 da tarde, Anonymous zaratustra said...

é o país da inveja e da velhacaria!

 
At sexta mai 26, 05:12:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Mas 3274 EUROS? Para uma técnica de informátca, quando há miúdos com vários anos de experiência na Critical e na Siemens a ganhar muito menos do que isso?

 
At sábado mai 27, 11:20:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Sr. Esperança: tendo o MInistério da Justiça o Instituto de Tecnologias da Informação da Justiça, a Direcção-Geral da Administração da Justiça, a Divisão de Informatização dos Tribunais, com seguramente centenas de reputados técnicos de informática e gestão se sites, haverá necessidade de contratar alguém para ganhar aquela obscenidade? Tenha dó!

PS: mesmo que a senhora não seja familiar do (ainda) senhor Ministro...

 
At domingo mai 28, 08:05:00 da tarde, Anonymous Carlos Esperança said...

«é o país da inveja e da velhacaria!».

Assim falou Zaratustra. E bem.

Estava em causa uma questão de favorecimento da filha. Sendo mentira, os anónimos acham exagerado o vencimento.

O país é bem pior do que os políticos.

 
At terça mai 30, 10:23:00 da tarde, Anonymous Zarco said...

Ahahahahahahahahaahahhahaaha

É a génese do RISO!!

Ao ver o Esperança e o É-pá a defenderem os " afilhados"...Melhor! No PS são mesmo os FILHOS!! AHAHAHAHAHAHA

Nem o AJJardim deu " tacho" a um Filho!!

 

Enviar um comentário

<< Home