Ao cuidado do Dr. Mário Nunes


Sob o título em epígrafe e por amável deferência de «O Piolho da Solum» que concluiu, e bem, que o Ponte Europa desconhecia o precioso documento, aqui fica para gáudio dos nossos leitores.

À semelhança do que acontece aos condutores perigosos, inibidos de conduzir, também ao Sr. Manuel Barroso devia ser proibida a assinatura por se tratar de um prevaricador ortográfico particularmente agressivo.

Comentários

FONSECAeCOSTA disse…
Gáudio, s.m.o., não serão a pala- vra e o sentimento adequados que um «bloguer» que se identifica de esquerda deveriam usar nesta cir- cunstância. Muito mais do que gáu- dio ou gozo, os erros ortográfi- cos, de redacção, gramaticais e de toda a ordem que enferma a missiva em causa, deveriam suscitar a um
«bloguer» de esquerda um lamento, um sentimento de culpa por depois de 32 anos após o 25 de Abril ain- da haver muitos homens e mulheres de Portugal, novos e velhos, a es- creverem e a falarem assim a sua língua materna.
Também não posso deixar de me admi-rar e lamentar que uma correspon- dência trocada entre uma Associa- ção da Ereira e uma congénere da zona de Vila do Conde, venha parar ao gabinete do Vereador da Cultura da C.M.de Coimbra e dela seja sub- traída cópia para se andarem a "ga
udiarem" uns pseudo – intelectua- lóides coimbrinhas que se auto-in-
titulam de esquerda, mas cuja prá- tica quotidiana é característica da direita mais retrógada.
Posted by FONSECAeCOSTA
Anónimo disse…
Apoiado Fonseca e Costa.

E juntar mais umas quantas picardias:

1 - O documento não deveria ser usado para gozar com o texto de uma pessoa, mas para reflectir sobre o estado do alfabetismo e educação em Portugal. O último objectivo seria um objectivo digno em que o uso de um texto poderia ser considerado legítimo (apagando o autor e qq referência que pudesse identificar a pessoa), o gozo pelo gozo, não.

2 - Proibir alguém de escrever, mesmo mal, viola a liberdade de expressão. Ter como reflexão a proibição e não a necessidade de educar revela o espírito republicano do blog: "O povo deve estar-nos agradecido pela liberdade mas não a deve utilizar".

3 - Quanto ao comentário anterior, deixe que lhe faça uma correcção. Este blog não é de esquerda, é republicano. Todos as medidas aqui apresentadas são sob a capa de iluminismo para bem do povo, quer este queira quer não e a manutenção de privilégios de grupo (o próprio, i.e., políticos do grupo, gordos e anafados), contra os privilégios de outros grupos (antes a aristocracia, agora, alguma e não toda a burguesia industrial e de toga). A esquerda é outra coisa, não é isto.

4 - Escusa de reclamar que é de esquerda, porque combateu o fascismo e blá, blá. Pq no leste quem combateu pela liberdade foi a direita e a igreja católica - ou seja, o combate é sempre feito pela facção que não estava no poder, para atrair as simpatias da população.
Anónimo disse…
post anterior por:
sniper
JN disse…
Desculpem, meus amigos, estão todos enganados.

A referência ao Dr. Mário é somente ludica. Lembro que o Dr. Mário é grande defensor destas causas, logo, compreenderá e decifrará muito melhor do que qualquer um de nós, o conteudo desta missiva.
FONSECAeCOSTA disse…
Anónimo...
(esta coisa dos anónimos ainda me faz mais cócegas que os independen-tes)
Lamento que tenha lido apressada- mente o que escrevi. Eu não chamei ao PONTE EUROPA um blog de esquer- da...Eu digo na terceira linha... que se identifica de esquerda. Os juízos de valor são seus, meus, de quem lê e de quem escreve !
De resto o compatriota deve andar a anonimar por aqui à pouco tempo! Caso contrário, teria presente o epitáfio colocado pelos autores e responsáveis do VERITAS ( Carlos Esperança, Carlos Cidade, Mário Ruivo e Paulo Trincão ) neste blog(Veritas) em FEVEREIRO,27,2005 com a seguinte inscrição:
“ MUDÁMOS PARA AQUI “
PONTE EUROPA
Assegurando em 26.02 que... “ Este blogue (Veritas) continua, com outro nome e maior dinamismo – assim o esperamos – através do Ponte Europa”. E continuava “Ponte Europa será um espaço de debate e reflexão, de pessoas de Coimbra com os portugueses onde quer que se encontrem.”
Ora, o cabeçalho do “VERITAS” sem- pre trouxe em destaque e a seguir ao nome a frase “UM BLOGUE DE ES -QUERDA E DE COIMBRA. Conta com a participação de C.Esperança, C.Ci- dade, M.Ruivo e P. Trincão.
Entendidos anónimo?!
FONSECAeCOSTA
Anónimo disse…
Fonseca e Costa:

A razão que lhe pudesse assistir perdeu-a com a frase:

«De resto o compatriota deve andar a anonimar por aqui à pouco tempo».

Escreve-se «...há pouco tempo».

O alegado respeito pela língua pátria exige outro cuidado.
Anónimo disse…
This is very interesting site... » » »

Mensagens populares deste blogue

Insurreição judicial

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime