Homem certo no lugar certo


O secretário-geral das Nações Unidas, Kofi Annan, nomeou hoje Jorge Sampaio o primeiro enviado especial para o combate à tuberculose, durante dois anos.

Poucas pessoas têm tanta sensibilidade e rara apetência pelos problemas da saúde como o antigo e prestigiado presidente da República Portuguesa.
Parabéns, Jorge Sampaio.

Comentários

Parabéns Presidente Jorge Sampaio, ilustre cidadão do mundo.

A tuberculose emergente, mesmo no nosso país precisa de ti.

Os pobres sub-sarianos, entre a SIDA e a tuberculose, confrontados com cleptocracias, precisam de ti.

Nós aqui estamos para o que podermos ajudar. Podemos pouco, mas fazemos barulho.
FONSECAeCOSTA disse…
Aplauso para a decisao do SG da ONU
e o reconhecimento do prestigio de Portugal e do Dr.Jorge Sampaio, na cena internacional.
Tenho a convicçao de que Jorge Sam-paio aceitou para ser intervenien-te activo e util na materia.Se con-
cluir que nao tem meios e que foi
so´para mais uma figura decorativa,
regressara´imediatamente a Lisboa.
Anónimo disse…
É o homem certo no lugar certo, até porque Portugal é o país da Europa com mais casos de tuberculose na Europa.
Anónimo disse…
Foi assim que Sampaio deixou Portugal...
Está certo.
Caros anónimos:

Não é o com mais casos, mas está mal, muito mal, na classificação.

O que é que Jorge Sanpaio poderia ter feito para o evitar ?

Obrigar os governos a fazer mais campanhas sobre a SIDA ? Obrigar os portugueses a ter respeito pela sua própria vida que delapidam no sexo não protegido e na estrada.

Se trocamos opiniões façamos algum esforço para sermos objectivos. Aqui ninguém ganha votos. O esclarecimento está feito.
UFO disse…
E assim voltamos ao princípio. A nomeação de Sampaio pela ONU é um facto que enobrece o país. Não é muito, assim posto na balança, mas é alguma coisa.
Anónimo disse…
Wonderful and informative web site. I used information from that site its great. » » »

Mensagens populares deste blogue

O último pio das aves que já não levantam voo

Cavaco Silva, paladino da liberdade

Efeméride – 30 de outubro de 1975