No Governo de Durão Barroso

Fonte: expresso, hoje

Comentários

Anónimo disse…
Desculpa que lhe diga mas sofre de uma PSDzite aguda, pq favorecimentos ao grupo Amorim, Sonae, BES, grupo Mello, etc. etc. é o que é mais usual nos nossos governos PS ou PSD.

Sabe, quem tem ou apoia quem tem telhados de vidro....
Anónimo disse…
Quem é J. M. Durão Barroso?.
e-pá! disse…
Impossível comentar esta notícia.
Ela, tão somente, preverte todo o sistema democrático.

Não vale a pena misturar este tipo de promiscuidade com os normais contactos entre o Estado e empresas que qualquer governo pratica.
Mais uma vez recordo a acuidade e a premonição de Cravinho.
Este tipo de comportammento (não sei tipificá-lo juridicamente) configura o receio dos que temem as consequências da substituição dos conteúdos ideológicos por políticas economicistas.
É a tentativa captura do Estado por grupos económico-finaceiros. Mais nada.

É embrulhá-la e endossar à PGR.

Ah! Entretanto, aguardem desmentido formal de JMB.
Ele estaria cá, tinha a cabeça lá e sobre responsabilidades, nem cá nem lá. Estaria, eventualmente, a preparar o "encontro das Lajes". Não se lembra de nada. Quando assumiu o cargo de 1º. ministro delegou tudo, como já tinha feito enquanto presidente do PSD.
Há homens proverbiais!

Mensagens populares deste blogue

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime

Insurreição judicial