Alemanha – A democracia-cristã já não é o que era...

Entre os partidos políticos, a tradição já não é o que era. Gabriela Pauli candidata à liderança da CSU, o partido mais conservador da Alemanha propôs que os casamentos passem a ter um prazo de validade de sete anos.
(...)
"A minha proposta é que os casamentos acabem ao fim de sete anos. No futuro, o casamento será celebrado com uma duração determinada. Depois as pessoas podem dizer activamente 'sim' se quiserem prolongá-lo", afirmou Pauli.


Comentário: E, em vez de aliança, os cônjuges deviam usar código de barras.

Comentários

e-pá! disse…
Nada de estranho no mundo neo-liberal, onde Pauli se movimenta.

O casamento passa a ser mais um contrato (social) a termo.
Anónimo disse…
E CE apoia ou não?

Mensagens populares deste blogue

Os incêndios e a chantagem ao Governo

O último pio das aves que já não levantam voo