Polónia - Direita pura e dura


Os ministros da Justiça da União Europeia (UE foram incapazes de chegar a um consenso sobre a instituição de um Dia Europeu contra a pena de morte, inviabilizado pela Polónia. No entanto, Alberto Costa desvalorizou o veto deste país.

Comentários

Anónimo disse…
Uma ascensão (infelizmente) natural, face a tudo o que se tem passado no ex Bloco de leste.
Anónimo disse…
Este é um bom exemplo da necessidade que há de avançar urgentemente na reforma institucional da UE e no aprofundamento da integração política,pondo termo ao critério da unanimidade que a tem paralisado .
Como poderá a UE ter um maior protagonismo na cena internacional se não é capaz sequer de se pôr de acordo num ponto que faz parte integrante da sua matriz cultural e civilizacional?

Mensagens populares deste blogue

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime

Tunísia – Caminho da democracia ou cemitério da laicidade ?