Exposição de Mário Silva

Segunda, 18 de maio de 2013  17:05

  • Aqui ficam as palavras encontradas, como preito à velha amizade e à enorme consideração que dedico a Mário Silva:

    Tira das tintas cores mas é da alma que extrai a beleza que lhe escorre do pincel. Brotam-lhe da imaginação as formas, mas é ao sentimento que vai buscar a força que lhe conduz a mão que percorre as telas. Constrói a vida e a obra, passo a passo, dia a dia, com a paciência de um monge e a sabedoria de um profeta.

    É na fraterna amizade que se respira, nos convívios que promove, que melhor podemos apreciar a síntese do homem, do cidadão e do artista. Fraterno e jovial. Solidário e simpático. Irreverente e sedutor. Sempre.
    E é na sua casa de Lavos e no caos que aí metodicamente organizou que podemos encenar uma tertúlia e fruir convívios calmos que as últimas décadas se encarregaram de exonerar na pressa do consumo e na vertigem da acumulação do capital».
    Mário Silva e o ISCAC têm a honra e o prazer de convidar vossa excelência e familia para inauguração da exposição individual de Pintura «Mário Silva & o Límite da Figuração»

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Insurreição judicial

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime