O silêncio de quem silenciou


No dia 28 de fevereiro, às 20H00, o atual papa decidiu para si próprio o que em 1985 impôs ao teólogo Leonardo Boff: o silêncio.

Quem sabe se o anúncio público da sua decisão não foi a forma encontrada para o seu silêncio, escapando a ser silenciado?!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime

Tunísia – Caminho da democracia ou cemitério da laicidade ?