Quem nos acode?


O currículo de um governante não pode estar sob suspeita, quer pelo exemplo que dele se espera, quer pela confiança que o cargo exige.

Desde os percursos académicos aos currículos profissionais, a trapalhada é de tal monta que os cidadãos já não suspeitam só da idoneidade de quem é nomeado, têm a certeza da imprudência de quem os nomeia e desconfiam da chantagem a que pode estar sujeito.

Não sabemos o que esconde o nebuloso percurso académico e o opaco trajeto político de indivíduos a quem falta um módico de cultura, ética e competência.

É urgente pôr fim a este Governo antes que ele ponha fim ao País, enquanto o PR finge de morto.

Comentários

Manuel Galvão disse…
E ainda mais urgente por os abstencionistas a votar.
Se não tivesse havido tanta abstenção o coelhinho ainda estava na toca...
De resto, entre coelhos e (In)seguros venha o diabo e escolha.

Mensagens populares deste blogue

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime

Tunísia – Caminho da democracia ou cemitério da laicidade ?