Irlanda - Horror e terror religiosos

O primeiro-ministro irlandês apresentou desculpas aos milhares de mulheres que, durante mais de sete décadas, foram internadas e forçadas a trabalhar sem contrapartidas nas lavandarias dos chamados “conventos de Maria Madalena”, administrados pela Igreja Católica.

Comentários

À medida que se vão descobrindo as coisas, a ICAR revela-se cada vez mais uma associação de malfeitores.
soudocontra disse…
E como há ainda tantos milhões a enriquecer estes impostores, sabendo-se o que se sabe da sua longa história cheia de crimes em massa e de torturas, e de alianças e apoios aos piores regimes políticos da história moderna - incluindo o nazismo, salazarismo, franquismo, etc.
Fico pasmado e revoltado! ENFIM...

Mensagens populares deste blogue

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime

Tunísia – Caminho da democracia ou cemitério da laicidade ?