BOAS NOTÍCIAS

Número de inscritos nos centros de emprego baixou 5,6 por cento em Dezembro
15.01.2007 - PUBLICO.PT.
No final de Dezembro do ano passado havia 452.651 pessoas inscritas nos centros de emprego, menos 26.722 registos do que há um ano, o que representa uma descida de 5,6 por cento"

São de facto excelentes notícias, mais um sinal, evidente, de recuperação económica, que aliás o Banco de Portugal, já vinha dando nota nas suas previsões.

Comentários

Anónimo disse…
Desculpe dizer-me que a estatística do desemprego tem de ser lida com a do emprego.

De facto a descida na taxa pode ser por dois motivos:
- de facto as pessoas arranjaram emprego;

- as pessoas desitiram de arranjar emprego e no fim do subsídio de desemprego simplesmente desapareceram do IEFP e consequentemente da estatística.

Qual a verdade? Só vendo a taxa de empregabilidade.
Anónimo disse…
A taxa de desemprego desceu 2 décimas na máximo o que não é significativo.
Mais a mais Portugal não faz a correcção sazonal da mesma, e no Natal há sempre um acréscimo de empregos.
Anónimo disse…
Para alguma gente todos os números sã o bons para falar a favor do governo. Mesmo que sejam uma mentira descarada...
Anónimo disse…
Uma descida desse teor (5.6%) sem uma correspondente taxa de crescimento do PIB, é um malabarismo. Não é uma boa notícia!
Nuno Moita disse…
Para mais informações consultar
http://portal.iefp.pt/pls/gov_portal_iefp/docs/PAGE/PORTAL_IEFP_INTERNET/ESTATISTICAS/MERCADO_EMPREGO/INFORMACAO_MENSAL/2006/INF-MENSAL-DEZEMBRO06.PDF,

Como podem constatar verifica-se uma diminuição do nº de desempregados, em quase todas as regiões do País, diminuição que não está ligada com o aumento do trabalho não permanente, antes pelo contrário.
Mano 69 disse…
Mas então para onde é que foram esses 5,6 % de desempregados?
Será que desapareceram todos na zona do Entroncamento?
Anónimo disse…
Estas boas notícias, teem muito que se lhe diga...pura manipulação do governo xoxalista.

Afinal, para onde foram os desempregados, ou emigraram ou deixaram de fazer parte das listas por motivos vários...evidente.

É preciso ter lata para divulgar notícias destas...uma grande parte da população, sente os efeitos do desemprego e com estas atoardas fica revoltada.
Anónimo disse…
Que tenham continuidade.

Mensagens populares deste blogue

Associação Ateísta Portuguesa (AAP) - RTP-1